Minha experiência com o Scribe

ColaboradoresLinneares

A publicação da Francine sobre o Wattpad me fez escrever sobre a rede de escritores e leitores que eu tenho utilizado, o Scribe. Relativamente novo no Brasil (ainda com o “beta” no título), o Scribe promete reunir aqueles que gostam de ler e escrever em uma plataforma simplificada.

Assim como o Wattpad, o site é todo intuitivo e para compreendê-lo basta uns poucos cliques. Qual é, então, a diferença? A diferença mais básica é que enquanto o primeiro é desenvolvido especialmente para histórias longas, o Scribe se especializa em Contos, crônicas e poemas, textos curtos por excelência. Como em outras plataformas, você pode comentar seus escritos favoritos, recomendá-los e ainda seguir os escritores que chamarem a sua atenção.

Como leitor

Minha primeira impressão quanto ao Scribe foi a de ter voltado no tempo. Os textos pelos quais naveguei são amadores (nem por isso ruins) e dão a impressão de estarmos na época em que surgiram os blogs. Há uma certa liberdade e um certo descompromisso que caracterizam bem os áureos tempos em que nem todo mundo queria ser um Saramago virtual. Ao mesmo tempo, a rede também se torna interessante por haver publicações voltadas especificamente para escritores, como a excelente “Porque você não está motivado para escrever (e porque sua escrita não está boa)”, com a qual me identifiquei, aliás.

Como escritor

O Scribe coincidiu com a minha tentativa de voltar a escrever de um modo mais livre. Por ser uma plataforma fechada e ainda iniciante, é possível se desembaraçar e publicar mesmo aquele texto que você não sabe se vale alguma coisa. Alguém vai ler e, se você der sorte, ainda recomendar. O bom é que, por enquanto, não há (pelo menos por onde naveguei) guerras de egos e pretensões gigantes.

Além disso, a divulgação dos textos é muito boa. Há indicações no Twitter e no Facebook, além de um Top 10 publicado semanalmente (já estive nele, inclusive). Sem contar que o Scribe promete concursos para incentivar ainda mais as participações. O primeiro já está rolando e o tema é “Inveja velada”. O prêmio é que não é tão legal assim. Uma videoconferência com a Samantha Paranormal, digo, com o Diego Schutt, que deve ser muito importante já que parece ser um privilégio falar com ele durante 60 minutos.

(Imagino como seria o meu diálogo. Provavelmente eu fingiria que caiu a conexão nos primeiros três minutos.)

A minha experiência com o Scribe 

Então, como eu disse, eu estava mesmo voltando a escrever sem compromissos e ter uma plateia restrita retira um pouco da responsabilidade, além de permitir que a criatividade dê rasteiras no senso crítico. Eu tenho publicado por lá o que eu não quero que ganhe muita repercussão. Exercícios, imperfeições, inabilidades, enfim, tudo aquilo que antigamente ficava em uma pasta esquecida do computador.

Já os textos que tenho lido alternam-se entre as dicas literárias (que sim, seguem o afamado quem sabe faz, quem não sabe ensina) e textos com o frescor de blogs, imperfeitos, obviamente, mas bem intencionados e, de certa forma, mais empolgantes exatamente por isso.

Outro ponto positivo é o visual totalmente clean e a possibilidade de ilustrar seu texto com alguma imagem de cabeçalho. Nada de muitas alterações, fontes, cores, tudo feito para que o texto seja seu principal componente.

Resumindo, o Scribe é, por enquanto, uma boa terra de amadores. E, sinceramente, espero que continue assim. Dessa forma, posso continuar a publicar por lá sem vergonha do que eu escrevo e a ler quem trata o texto como ele merece, sem afetações.


 

Vinícius Linné é mestre em Literatura e fascinado por ela. Lê, comenta e inventa mil vidas suas dentro dos ares de cada letra que escreve.
1

Comentários

Comentar
  1. Kelvin Araki

    Ótimo texto VINICIUS LINNÉ!!! Ficamos felizes que sua experiência com o Scribe tenha sido positiva. Nós criamos o Scribe para mudar a maneira que “consumimos” conteúdo na internet, a ideia é empoderar os usuários e dar voz a todos! Afinal todos nós temos uma história para contar!
    Potencialmente somos todos leitores (isso é algo que ninguém dúvida) mas a nossa ideia é mostrar que também todos somos escritores. É por esse motivo que você encontrará de TUDO no Scribe, amadores, profissionais, dicas, diários e etc. Estamos ainda em BETA, mas a cada semana tentamos lançar pacotes com melhorias e novas ferramentas.

    Se tiver alguma dica ou outro feedback fique a vontade para me enviar um e-mail.

    Abraços,

    Kelvin Araki
    kelvin@wescribe.co

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.