Mostra “As coisas não aparentam ser o que são”

A mostra “As coisas não aparentam ser o que são” configura-se como uma exposição de encerramento do grupo de estudos de arte contemporânea em Sorocaba organizada pela Roberg Galeria. Sob curadoria de Allan Yzumizawa, traz com a proposta do título, uma espécie de provocação para o olhar do espectador sobre as obras. Diante da velocidade incessante dos meios tecnológicos, é questionado a importância da pausa, da contemplação, do tempo e do pensamento crítico e afetivo. Tendo como pressuposto as ideias de Jacques Rancière sobre o “espectador emancipado”, a exposição parte do trabalho artístico como um ponto de disjunção que não conclui e que não se fecha, mas que se completa ao se agenciar com o olhar ativo do espectador. “As coisas não aparentam ser o que são” é um desafio lançado ao público para que desvende o indesvendável: o que elas realmente são? Não podemos compreender o que realmente é, mas encontrar infinitas conclusões durante os caminhos provocados por essa pergunta.


Durante o período de exposição, a qual acontecerá no espaço do Instituto de Arquitetos do Brasil de Sorocaba (IAB-Sorocaba) localizado na Av. Afonso Vergueiro, s/nº (em frente ao MACS), haverão dois seminários temáticos com o curador e artistas participantes. Esses seminários serão abertos e gratuitos ao público.

Artistas Participantes:
Antonio Pires
Bia Caiuby
Camis Fontenele
Claudia BGuimaraes
Dagô
Elza Tortello
Laura M. Mattos
Liliana Alves
Mazé Perbellini
Pedro Lopes
Pola Fernandez Quintana
Renato Tavares
Silvana Sarti

Curadoria: Allan Yzumizawa

Visitação:
Abertura: 10 de novembro (sáb) – 10h às 14h;
Seminário #1 – “Inconsciente e subjetividade”: 14 de novembro (qua) – 14h30 às 17h;
Seminário #2 – “Arquitetura e paisagem nas artes visuais”: 22 de novembro (qui) – 19h às 21h;
Encerramento: 24 de novembro (sáb) – 10h às 14h.

Serviço:

Mostra “As coisas não aparentam ser o que são”
Entrada gratuita
Local: Instituto de Arquitetos do Brasil de Sorocaba (IAB-Sorocaba), Av. Afonso Vergueiro, s/nº (em frente ao MACS).Mais informações: https://www.facebook.com/events/733149500386138/




Bruna Bengozi

Bruna é mestra em História pela USP, redescobriu (e redescobre) o amor pelos livros, pela música e pela vida. Aguarda ansiosamente a queda do capitalismo e do patriarcado. Sofre de "síndrome do impostor".

No Comments Yet

Leave a Reply

Your email address will not be published.