O Oceano no Fim do Caminho (Neil Gaiman)

Compartilhe:

O oceano no fim do caminho é um livro curto, com narrativa em primeira pessoa, simples e ágil. Conta a história de um homem de meia idade que visita sua cidade natal para um funeral.

Neil Gaiman é um dos escritores que mais admiro. Ele é singular. Seus livros são diferentes de tudo o que já li, conseguem fazer com que eu mergulhe nas histórias sem nenhum esforço. O primeiro livro de Gaiman que li foi Stardust – O mistério da estrela e faz muito tempo. Lembro que em seguida li Sandman, Coraline, Deuses Americanos, Os filhos de Anansi e todo o restante de suas publicações. Também gosto muito das outras HQ´s, dos contos e dos livros infantis. Gaiman é um mestre da ficção.

E foi com essa mesma facilidade que eu tenho para mergulhar em suas histórias que mergulhei em seu Oceano. A leitura foi uma grata surpresa!

O oceano no fim do caminho é um livro curto, com narrativa em primeira pessoa, simples e ágil. Conta a história de um homem de meia idade que visita sua cidade natal para um funeral. Na cidade, acaba visitando a casa onde morava uma amiga de infância. Nessa casa, as lembranças de quando tinha sete anos voltam à sua mente com força total, levando-o a revisitar seus piores medos.

Ele era uma criança apaixonada por livros, morava com os pais e a irmã. Até que um dia, a mãe resolve disponibilizar um quarto da casa para locatários, a fim de aumentar a renda da família. O primeiro pensionista comete suicídio no carro do pai do garoto, e esse mesmo ato desencadeia uma sequência de acontecimentos. Perturba forças que não deveriam ser perturbadas.

O garoto conhece Lettie Hempstock, uma garota que tem onze anos há muito tempo e que possui uma família diferente de todas que já conheceu. Lettie mora na fazenda Hempstock, uma propriedade grande, com uma casa e um lago.

“Era apenas um lago de patos, nos fundos da fazenda. Nada muito grande.
Lettie Hempstock dizia que era um oceano, mas eu sabia que isso não fazia o menor sentido.”

Então, logo após esses acontecimentos, criaturas extraordinárias aparecem e uma história brilhante começa a se desenvolver a partir do ponto de vista de um garotinho de sete anos.

Contar mais do que isso tira o mérito do livro. A narrativa de Gaiman não merece spoilers, deve ser lida e destrinchada. Como todo livro bom.

“Adultos seguem caminhos. Crianças exploram. Os adultos ficam satisfeitos em seguir o mesmo trajeto, centenas de vezes, ou milhares; talvez nunca lhes ocorra pisar fora desses caminhos, rastejar por baixo dos rododendros, encontrar os vãos entre as cercas.” [pág. 70]

Onde Comprar  os livros de Neil Gaiman: Amazon

Compartilhe:
Imagem padrão
Aléxia Roche
Sempre nutri uma paixão incondicional por livros e mal consigo falar da minha própria existência sem mencionar a Literatura. Os livros sempre estiveram presentes em todos os momentos da minha vida. Sou graduada em Letras Português/Inglês, graduanda em Letras Espanhol e leciono aulas de Inglês para o ensino fundamental.

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário