O Pedacinho de Carvão (Lemony Snicket)

Compartilhe:

Lemony Snicket, heterônimo (e por que não?) de Daniel Handler, já havia trabalhado com Brett em Desventuras em Série. Agora os dois reuniram-se novamente para presentear e nada menos que isso com “O Pedacinho de Carvão.”

Todo livro ilustrado por Brett Helquist me faz querer comprá-lo apenas pra me perder por tempos infindáveis observando as minúcias de suas obras. Todo livro escrito por Lemony Snicket me faz querer comprá-lo para reler quantas vezes eu quiser em minha casa (aka propaganda do VHS da Disney) e passá-lo de geração em geração da minha descendência caso o fim de Brás Cubas não me tivesse convencido do contrário.

Lemony Snicket, heterônimo (e por que não?) de Daniel Handler, já havia trabalhado com Brett em Desventuras em Série (pretendo fazer uma super série de matérias sobre os inúmeros volumes) o que acabou por desencadear uma imensa mudança em minha vida; e vou ficar muito feliz se algum autor conseguir façanha semelhante até o fim dela.

Agora os dois reuniram-se novamente para presentear e nada menos que isso com “O Pedacinho de Carvão.”

História curta e que gera abraços

Lembro que na época que comprei, o livro foi bem caro para seu pequeno tamanho. Li-o em alguns minutos, com uma ânsia imensa por mais dessa fórmula perfeita. Fiquei estupefato de como um livro tão pequeno e direcionado primeiramente a um público tão igualmente pequeno pudesse ter mudado repentinamente meu humor em mais uma vez, num pequeno tempo. Após terminada a primeira de muitas leituras, dei um abraço na minha mãe que me comprou o livro.

Entretanto, não vou contar nada sobre a história além da transcrição da primeira página. A história é curta e não quero sequer pensar em moldar alguma expectativa prévia em sua imaginação. Assim, deixe que Snicket e Brett o façam.

“A época de festas é uma ocasião para contar história, e, esteja você ouvindo a história de um candelabro que se manteve aceso por mais de uma semana ou a de um bebê que nasceu em um estábulo sem supervisão médica apropriada, essas histórias frequentemente falaram sobre milagres. Milagres são como espinhas, porque, quando você começa a procurar por elas, encontra mais do que jamais sonhara que iria ver, e esta história natalina apresenta uma grande quantidade de milagres, dependendo do seu ponto de vista.”

Onde Comprar “O Pedacinho de Carvão”: Amazon

Compartilhe:
Imagem padrão
Alister Vieira
Life's short, talk fast

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário