Joe Golem e a Cidade Submersa – Mike Mignola e Christopher Golden

joe-gJoe Golem e a Cidade Submersa (Editora Gutenberg) é um romance ilustrado resultante da parceria entre dois escritores: Mike Mignola e Christopher Golden.

Mike Mignola é o criador da HQ Hellboy, que teve duas adaptações para o cinema e autor da HQ “O incrível cabeça de parafuso e outros objetos curiosos”.

Christopher Golden é autor de livros de ficção científica e fantasia, além disso, também é roteirista de HQ´s, videogames e da série televisiva Buffy, a Caça Vampiros.

A trama de Joe Golem e a Cidade Submersa se passa em uma Manhattan apocalíptica, que definhou em 1925 quando terremotos e a elevação do nível do mar deixaram a cidade trinta metros abaixo d´água. Muitos moradores abandonaram a ilha, já outros decidiram se acostumar com o novo cenário e enfrentar as dificuldades.

Felix Orlov é um conjurador, mas no passado foi um mágico famoso. Tem o dom de conversar com os mortos e sobrevive com o dinheiro que ganha pelas sessões mediúnicas. O médium tem uma ajudante, que trata como filha, Molly McHugh, uma menina de 14 anos.

Um dia, uma das sessões de Felix não funciona e o conjurador tem um colapso. Em seguida, é raptado por homens estranhos que vestem roupas emborrachadas e usam máscaras de gás. Molly escapa e conhece Joe, um detetive sobrenatural que vai ajudá-la a descobrir o paradeiro de Felix.

Apesar de Joe dar título ao livro, é Molly quem tem mais destaque. Só consigo imaginar a garota como protagonista e o Golem como um personagem secundário. O título deveria ser “Molly e a cidade submersa”.

Enquanto eu lia, me lembrei de outro livro infanto-juvenil que é excelente: Sr. Ardiloso Cortês, de Derek Landy. As semelhanças são grandes: detetives, ajudante jovem e destemida, magia, vilões que querem dominar o mundo etc.

A influência de H. P. Lovecraft é bem clara no livro, que aborda deuses antigos, cenários horripilantes, ocultismo e mundos paralelos que atravessam dimensões. Mike Mignola já mostrou em Hellboy que é fã do mestre do terror.

Gostei de conhecer a escrita de Mike Mignola associada a Christopher Golden. Joe Golem e a Cidade Submersa é um livro simples, bem escrito, com personagens inusitadas. Mas, sinto que os autores exageraram em algumas descrições, o que fez com que a narrativa se tornasse cansativa em algumas partes. Como disse no início, é um romance ilustrado, mas as ilustrações são tão pequenas e grotescas que não fariam falta se fossem retiradas. Mesmo assim, é altamente recomendado e indicado para todos os fãs de uma boa história de fantasia.

Onde Comprar Joe Golem e a Cidade Submersa: Amazon

Avatar
Aléxia Roche

Sempre nutri uma paixão incondicional por livros e mal consigo falar da minha própria existência sem mencionar a Literatura. Os livros sempre estiveram presentes em todos os momentos da minha vida. Sou graduada em Letras Português/Inglês, graduanda em Letras Espanhol e leciono aulas de Inglês para o ensino fundamental.

2 Comentários
    1. Pois é! A capa é um prato cheio, mas as ilustrações de dentro são em preto e branco, com traços grotescos e muito pequenas. Não fazem diferença nenhuma! 🙁

Deixe um comentário

O seu e-mail não será publicado