Especial Dia Das Crianças: meu amor pelos livros

Compartilhe:

Meu amor pelos livros vem desde a infância. Lembro que toda noite meu pai me contava uma história e no dia seguinte, me incentivava a criar as minhas e desenhá-las (uma vez que ainda não sabia ler nem escrever), ele também me presenteava semanalmente com livros e eu os guardo com carinho até hoje!

Sempre adorei ganhar livros, através do meu pai conheci as coleções da Disney, os Irmãos Grimm, Hans Christian Andersen, Perrault, Monteiro Lobato, clássicos adaptados, Drummond, Cecília Meireles, Kafka, Albert Camus entre outros.

15 citações de Albert Camus sobre arte, política e liberdade

Quando tinha por volta de oito anos, minha mãe me levou pra fazer a primeira ficha de leitura na biblioteca municipal. Fique viciada e meu avô me levava quase diariamente na biblioteca para retirar um novo livro. Lembro-me de devorar a Coleção Vagalume, de descobrir a mitologia e suas possibilidades, de ler Pedro Bandeira no tapete da sala, de viajar no mundo de OZ com Dorothy e depois ir até o Centro da Terra com Júlio Verne, lembro-me de me aventurar pelas linhas de J. K. Rowling, Anne Rice, Jostein Gaarder, Tolkien e C. S. Lewis e do deslumbre que cada livro lido me proporcionava.

Eu era a traça em miniatura da biblioteca. Ainda consigo lembrar de boa parte dos livros que li na infância. De vez em quando um ou outro foge da memória, mas basta ver a capa para a sensação de “eu já conheço essa história” retornar.

Dentre as pilhas de livros que li na década de noventa, duas coleções, que foram lidas até a exaustão, de modo que eu já sabia as histórias de cor, se destacam. A primeira, a coleção de Livro com Disquinho (de vinil) da Disney, que ganhei da amiga da minha tia, e a segunda, uma caixinha musical intitulada Clássicos de Hans Christian Andersen, presente do meu pai.

É de suma importância que as crianças de hoje tenham oportunidades de entrar em contato com a literatura. Livros ampliam a mente, enriquecem o vocabulário e estimulam a imaginação! Dê brinquedos nesse dia das crianças, mas não se esqueça de colocar um livro dentro do pacote!

Compartilhe:
Imagem padrão
Aléxia Roche
Sempre nutri uma paixão incondicional por livros e mal consigo falar da minha própria existência sem mencionar a Literatura. Os livros sempre estiveram presentes em todos os momentos da minha vida. Sou graduada em Letras Português/Inglês, graduanda em Letras Espanhol e leciono aulas de Inglês para o ensino fundamental.

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário