4 livros para jovens leitores se encantarem com a literatura

Compartilhe:

Quer se tornar um leitor, mas não sabe por onde começar? Confira a dica de 4 livros para jovens leitores se encantarem com a literatura!

Para quem está começando no mundo da leitura e sente receio em pegar algum livro “muito difícil”, pode iniciar pelos livros para jovens leitores, ou “young adult”, como muitos preferem dizer. Esses livros possuem, geralmente, como personagem principal, uma pessoa entre 15 a 21 anos de idade, com uma linguagem simples, mas que agrada muito ao público por trazer pequenas e boas reflexões sobre o comportamento humano aliada a algum tipo de desafio emocional ou físico (A culpa é das estrelas e Jogos Vorazes são bons exemplos). Abaixo está uma pequena lista de livros que seguem essa linha para jovens leitores.

1.) Lua de Larvas (Sally Gardner)

4 livros para jovens leitores se encantarem com a literatura

Sinopse: Standish Treadwell é um jovem disléxico que vê o mundo de maneira diferente da maioria. Graças a essa visão, ele percebe que o mundo lá de fora não tem que ser necessariamente cinzento e opressor. Quando seu melhor amigo, Hector, é de repente levado embora, Standish percebe que cabe a ele, a seu avô e a um pequeno grupo de rebeldes enfrentar e derrotar a opressão permanente das forças da Terra Mãe.
Com o pano de fundo de um regime implacável, disposto a tudo para vencer seus rivais na corrida para chegar à Lua. Este impressionante Lua de larvas é o novo livro da premiada autora Sally Gardner. (Fonte: Editora WMF Martins Fontes)

Leia a resenha aqui | Onde comprar: Amazon

2.) O histórico infame de Frankie Landau-Banks

Sinopse: Aos catorze anos, Frankie Landau-Banks começa a namorar Matthew e é apresentada ao seu círculo de amigos do último ano. Frankie se apaixona não só por ele, mas também por todo aquele universo: as piadas internas, a camaradagem entre eles e a liberdade total daqueles garotos com tanto status na escola.
O único problema é que, por mais que se esforce para fazer parte daquele mundo tão atraente, Frankie está sempre se sentindo inferior aos garotos do grupo, principalmente em relação a Alfa, o melhor amigo de Matthew. A gota d’água vem quando ela descobre que Matthew pertence à Leal Ordem dos Bassês: uma sociedade secreta que há várias gerações prega peças pela escola – e não permite que garotas se juntem ao grupo.
Mas Frankie não irá se conformar em ser deixada de fora. Inteligente, esperta e calculista, dará um jeito de manipular a sociedade secreta e provará que é muito mais do que uma menina bonita que namora um garoto popular. Entre uma pegadinha e outra, ela levantará discussões sobre gênero e poder, indivíduos e instituições, e ainda tentará descobrir se é possível se apaixonar por alguém sem abrir mão de si mesma. (Fonte: Companhia das Letras)

Leia a resenha aqui | Onde comprar: Amazon

3.) Minha metade silenciosa (Andrew Smith)

Sinopse: Ao enfrentar as dificuldades da adolescência, Stark McClellan, 14 anos, estando em um lar hostil e sem afeto – com o agravante de se achar uma aberração –, o garoto tem na amizade e no apoio do irmão sua referência de amor, e é com ela que ambos sobrevivem. Um dia, porém, um episódio faz azedar terrivelmente a relação entre Bosten (irmão de Stark) e o pai. Para fugir de sua ira, o rapaz se vê obrigado a ir embora de casa, e desaparece no mundo. Palito (apelido de Starck) precisa encontrá-lo, ou nunca se sentirá completo novamente. A busca se transforma em um ritual de passagem rumo ao amadurecimento, no qual ele conhece gente má, mas também pessoas boas. Com um texto emocionante, personagens tocantes e situações realistas, não há como não se identificar e se envolver com este poético livro. (Fonte: Editora Gutenberg)

Leia a resenha aqui | Onde comprar: Amazon

4.) O Clube de Boxe de Berlim (Robert Sharenow)

Sinopse: Inspirado nos acontecimentos devastadores que antecederam o Holocausto e na história real do resgate de dois garotos judeus na Kristallnacht — a noite de 9 de novembro de 1938 em que sinagogas, lojas, habitações e pessoas identificadas como judias foram atacadas com violência na Alemanha e na Áustria — pelo boxer Max Schmeling, o escritor Robert Sharenow concebeu um romance de formação que mescla historicidade com emoção. Uma leitura, enfim, que ultrapassa a mera fruição e convida o leitor a refletir sobre questões como racismo, intolerância e violência que foram motrizes das atrocidades nazistas na Segunda Guerra Mundial. (Fonte: Rocco)

Leia a resenha aqui | Onde comprar: Amazon

Compartilhe:
Imagem padrão
Francine Ramos
Editora da Livro&Café desde 2011. É professora de Língua Portuguesa e tenta ser escritora (um conto seu foi publicado na coletânea Leia Mulheres, em 2019). Acredita que os livros podem mudar o mundo e ama Virginia Woolf.

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

1 comentário

  1. Lua de Larvas está na minha listinha de “tenho curiosidade” há um bom tempo, interessante vê-lo listado aqui. E O Clube de Boxe de Berlim me conquistou nessa sinopse! Não me lembro de ter ouvido falar no livro, mas agora estou naquela de “preciso ler em algum momento”. Foi direto para minha wishlist. ^^

    Beijo, Livro Lab

Deixe um comentário