Compartilhe:

Ainda sobre o ano que passou. Quero deixar registrado aqui as melhores leituras de 2015. Selecionei 12 livros que transbordaram o meu coração e minha alma literária. Todos eu indico a leitura, então, se você ainda não leu nenhum deles, faça isso em 2016, pois eu garanto que não irá se arrepender. Vamos à lista:

Eu, Robô (Isaac Asimov)

Minha primeira experiência com livros de ficção científica foi tão incrível que eu não poderia ter começado por outro livro. Até chegar à decisão de ler Eu, Robô muitas opções eu tinha, dicas de amigos, livros que pela sinopse me deixaram curiosa, etc, mas fiz a escolha certa e até hoje as lembranças das historias da psicóloga robótica Susan Calvin me fazem pensar sobre a vida humana. Leia a resenha aquiOnde comprar: Amazon

Reze pelas mulheres roubadas (Jennifer Clement)

Se você se sensibiliza com a história de luta de todas as mulheres do mundo, este é um livro essencial. A jornalista Jennifer Clement recolheu histórias em um presídio feminino no México, que deu origem à uma história muito comovente e triste. Um livro que emociona com dureza. Um livro necessário. A resenha está aquiOnde comprar: Amazon

Stoner (John Willians)

Se você ama os livros, se você ama a profissão Profesor. Se você ama livros reais, sem muita invenção de que a vida é uma aventura externa, mas sim uma grande aventura interna e, muitas vezes, que faz apenas uma pessoa caminhar alguns passos e que a sabedoria fica nas entrelinhas, leia Stoner, Livro maravilhoso! Leia a resenha aqui. Onde comprar: Amazon

Mary Poppins (Pamela L. Travers)

Eu nunca pensei que eu poderia amar tanto Mary Poppins! Mary Poppins mostra como é importante a convivência com o próximo, com a família e com a cidade, pois ao transformar um dia comum em algo tão especial, fica evidente que o mais importante de tudo é a disposição com o próximo. Ir até a padaria comprar um bolo de gengibre e reparar nas flores, nos jardins, nas pessoas. Resenha e vídeo aqui Onde comprar: Amazon

Papéis Avulsos (Machado de Assis)

Ler Machado de Assis é uma decisão, como pular de um alto penhasco para um mar de metáforas, ironia e crítica social. E quando se está na água, as ondas se transformam em novas interpretações e analogias. Porque assim são os grandes livros, dos grandes escritores, o tempo passa e tudo permanece absurdamente atual e profundo. Lei mais sobre o livro aqui Onde comprar: Amazon

A Hora dos Ruminantes (José J. Veiga)

Surpresa maravilhosa conhecer um livro incrível de literatura fantástica nacional! Até hoje penso na história das pessoas da pequena cidade de Manarairema que aprendem a lidar com o inusitado, a partir da chegada de alguns estrangeiros e animais. O livro mostra um tipo de transformação social, a partir daquilo que as pessoas não estão acostumadas a lidar, mesmo sendo uma invasão absurda de animais ruminantes, e a forma como elas encaram o dia seguinte, em que o fantástico foi embora e a vida – dura e difícil – bate à porta. Leia mais aqui Onde comprar: Amazon

O Processo (Franz Kafka)

Eu li muita coisa de Franz Kafka em 2015, que foi difícil selecionar O Processo como a minha melhor leitura, mas se tem um livro que mexeu com a minha cabeça, que me fez pensar em tantas coisas distintas, foi este. Assim como K., o personagem principal, o leitor também se transforma numa pessoa desesperada por respostas, mas, depois que a leitura termina e a euforia de ter lido um livro tão incrível passa, percebemos a grande crítica à burocracia que o autor fez. Para sempre lembraremos de K., para sempre faremos perguntas, para sempre não teremos respostas. Leia mais ou veja o vídeo aqui Onde comprar: Amazon

O frágil toque dos mutilados (Alex Sens)

Uma leitura emocionante! Alex Sens “chegou” na literatura de uma forma muito bonita, especial e forte. A Magnólia, personagem central da obra, é cativante e louca. Amei tanto!!! O livro narra 28 dias na vida de uma família, com direito a café da manhã, almoços e jantares vegetarianos, uma exposição de obras de arte, chegadas inesperadas, paixão, ódio, vizinhos e vista para o mar. Cada linha escrita por Alex Sens examina a fundo os passos de frágeis pessoas, mas que por uma faísca de coragem e loucura, se arriscam. Leia ou veja o vídeo aqui Onde comprar: Amazon

Festa no Covil (Juan Pablo Villalobos)

Quando terminei a leitura fiquei em choque. Me perguntei porque eu demorei tanto para ler o livro, que estava no meu Kobo há tanto tempo! Leitura importante e urgunte! Para conhecer um pouco da América do Sul, do Chile e do narcotráfico. O livro também é sobre inocência, desesperança e solidão. O leitor sente algo desesperador e trágico com a história cruel contada por uma criança, que se tornou alguém indiferente à violência. Leia a resenha aqui Onde comprar: Amazon

A Cidade e as Estrelas (Arthur C. Clarke)

Mais um livro de ficção científica lido e amado. A cidade e as estrelas me conquistou pelo título e se mostrou uma história tão magnífica e sensivel. Foi muito bom expandir a mente com a leitura, imaginar um mundo tão diferente do que temos – e aprendemos – hoje, fez diferença em minhas convicções, nas coisas que acredito, nas possibilidades que imagino sobre o nosso futuro. Leia a resenha aqui Onde comprar: Amazon

O Sol e o Peixe (Virginia Woolf)

Virginia Woolf é minha escritora preferida, ainda não li tudo dela, mas boa parte. O maravilhoso é que ainda me surpreendo com os livros publicados. Em O Sol e o Peixe o leitor irá conhecer alguns ensaios da escritora que, de um jeito muito especial, se complementam. Leitura que me deixou mais apaixonada pela escritora, se é possível. Leia a resenha ou assista ao vídeo aqui Onde comprar: Amazon

Orlando (Virginia Woolf)

Orlando foi uma releitura. E que releitura! Um livro especial para mim, um dos meus preferidos quando o assunto é literatura. Li a nova tradução feita por Tomaz Tadeu, pela Editora Autêntica e, com certeza, foi a melhor leitura que fiz, junto com um monte de gente linda que participou da Leitura Coletiva #LendoOrlando. Resenha e vídeo aqui Onde comprar: Amazon

Veja o vídeo também:

Compartilhe:
Imagem padrão
Francine Ramos
Editora da Livro&Café desde 2011. É professora de Língua Portuguesa e tenta ser escritora (um conto seu foi publicado na coletânea Leia Mulheres, em 2019). Acredita que os livros podem mudar o mundo e ama Virginia Woolf.

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

1 comentário

  1. Oi, Francine! Com certeza suas leituras foram excelentes. Também em 2015 comecei a me aventurar pela ficção científica através do Asimov (Cavernas de Aço) e foi uma experiência incrível.

    Mary Poppins está na minha lista de leituras pra esse ano, já tenho essa edição LINDA da Cosac há um tempo e ainda não li.

    Beijos e boas leituras pra 2016!
    Camila | http://www.lendoporai.com

Deixe um comentário