50 livros policiais para ler antes de morrer

A vida é curta demais! Por isso, confira esta lista de livros policiais para ler antes de morrer!

A literatura policial é um gênero que parece nunca se esgotar. De Agatha Christie a Arthur Conan Doyle e passando por Georges Simenon, há muito mais a ser lido, discutido e divulgado. Há diversos meios para ficar por dentro dos livros policiais mais comentados, em sites e pelos fãs. Assim, a lista abaixo, é uma pesquisa que fiz com amigos que adoram o gênero e também em diversos site, como Flavorwire e  Mystery Writers of America.

Procurei focar nos livros disponíveis no Brasil, mas é claro que escritores e escritoras nacionais também fazem parte desta lista. Também procurei não repetir o autor ou autora. Divirta-se! Você vai encontra o nome do livro, a sinopse e o link para a loja com o melhor preço. E se você se lembrar de um bom livro que ficou de fora, informe nos comentários.

1. O cão dos Baskerville (Arthur Conan Doyle)

Baseado em lendas locais sobre cães negros e fantasmas vingativos, esse é mais um caso brilhante do imbatível detetive de Baker Street, Sherlock Holmes. Compre na Amazon

2. Crime e Castigo (Fiódor Dostoiévski)

Há controvérsias, mas esse clássico da literatura undial, pode também ser visto como um romance policial, que narra a história de Rodion Românovitch Raskólnikov, um jovem estudante que… Compre na Amazon

3. O Assassinato de Roger Ackroyd (Agatha Christie)

O assassinato de Roger Ackroyd é um dos mais famosos romances policiais da rainha do crime. Ameaças, chantagens, vícios, heranças, obsessões amorosas e uma carta reveladora compõem o cenário desta surpreendente trama. Compre na Amazon

4. O silêncio da chuva (Luiz Alfredo Garcia-Roza)

Essencial em uma lista de livros policiais para ler antes de morrer! No centro do Rio de Janeiro um executivo é encontrado morto com um tiro, sentado ao volante de seu carro. Além do tiro, único e definitivo, não há outros sinais de violência. É um morto de indiscutível compostura. Mas isso não ajuda: ninguém viu nada, ninguém ouviu nada. O policial encarregado do caso, inspetor Espinosa, costuma refletir sobre a vida (e a morte) olhando o mar sentado em um banco da praça Mauá… Compre na Amazon

5. Contos de imaginação e mistério (Edgar Allan Poe)

Allan Poe é um precursor das histórias policias. Neste livro, com contos que também possuem o mistério tão peculiar do autor, encontramos o famoso “Assassinato da Rua Morgue”. Compre na Amazon

6. A solução final (Michael Chabon)

Publicado originalmente em 2003 na revista Paris Review, A solução final é um sofisticado e empolgante tributo às histórias de detetive e a um dos personagens mais queridos da literatura, que o leitor de livros de mistério irá certamente reconhecer. Compre na Amazon

7. Uma agulha para o diabo e outras histórias (Ruth Rendell)

Situações de mistério, de intriga, de perigo e até de terror. Em cinco contos e uma pequena novela, Ruth Rendell vai compondo suas tramas, com o talento que a consagrou como um dos principais nomes do romance policial da atualidade, com quase cinqüenta obras publicadas em 22 línguas. Compre na Amazon

8. Quando éramos órfãos (Kazuo Ishiguro)

Christopher Banks, um garoto inglês nascido na Xangai do início do século, fica órfão aos nove anos de idade, quando seus pais desaparecem misteriosamente. De volta à Inglaterra, torna-se um detetive de renome e circula nos meios mais refinados. Compre na Amazon

livros policiais para ler antes de morrer9. Bufo e Spallanzani (Rubem Fonseca)

Com uma linguagem inteligente, ágil e irônica, Rubem Fonseca cria uma narrativa complexa, partindo de um mote aparentemente corriqueiro: a investigação de um assassinato. Bufo & Spallanzani, no entanto, é muito mais que isso, é um livro dentro do livro, uma reflexão sobre o gênero policial e sobre o próprio ato de escrever. Compre na Amazon 

10. A trilogia de Nova York (Paul Auster)

Nas três histórias deste livro, Paul Auster, talvez o mais nova-iorquino dos escritores americanos, confronta seus personagens com o mistério da identidade, do conhecimento e da arte. Nova York se torna, aqui, a imagem de um labirinto mental feito de pistas falsas e verdadeiras, de acasos e equívocos: é na própria cidade que Auster se apóia para retrabalhar o gênero policial. Essencial em uma lista de livros policiais para ler antes de morrer! Compre na Amazon

11. O nome da rosa (Umberto Eco)

O frei Guilherme de Baskerville recebe a missão de investigar a ocorrência de heresias em um mosteiro franciscano. Porém, a morte de sete monges em sete dias, em circunstâncias insólitas, muda o rumo da investigação. Compre na Amazon

livros policiais para ler antes de morrer12. Diamantes são eternos (Ian Fleming)

“My name is Bond, James Bond.” Compre na Amazon

13. O Talentoso Ripley (Patricia Highsmith)

Tom Ripley sobrevive de trambiques em Nova York. Ele é especialista em forjar documentos, além de ter um talento extraordinário para imitar personalidades e características pessoais. O talentoso Ripley (1955) é um clássico da literatura policial. Compre na Amazon

14. Sobre meninos e lobos – Mystic River (Dennis Lehane)

Em Sobre meninos e lobos, Lehane retoma a tese de que as consequências das más ações ressoam através do tempo e do espaço, afetando a vida de pessoas inocentes. Dor e violência arrastam o leitor com assustadora intensidade. Compre na Amazon

15. Fogo-fátuo (Patrícia Melo)

Fogo-fátuo traz à tona a combustão apodrecida dos cadáveres, dos relacionamentos e do caráter humano, numa trama ágil, de imagens fortes e estilo mordaz. Dele emerge a primeira detetive da carreira de Patrícia Melo, a perita Azucena.  É ela quem conduz a investigação da morte do ator Fábio Cassio, em pleno palco, e revela a cortina de intrigas e mentiras que envolve o caso. Compre na Amazon

16. O poderoso chefão (Mario Puzzo)

Primordial em uma lista de livros policiais para ler antes de morrer! Mas pode haver controvérsias. Será O Poderoso Chefão uma mistura de romance policial com o drama familiar dos Corleone? Compre na Amazon

17. Anatomia de um crime (Robert Traver)

Número um na lista de best-sellers à época de seu lançamento. Em uma pequena cidade do Meio-Oeste americano. o advogado Paul Biegler procura uma grande chance para impulsionar sua morna carreira. A oportunidade perfeita surge através do tenente Frederick Manion. acusado de assassinar um homem que supostamente teria estuprado sua mulher. Compre na Amazon

18. Os 39 degraus (John Buchan)

O livro, publicado em 1915, trocou o estilo descritivo e cerebral das histórias de Sherlock Holmes pela narrativa enxuta e ágil que iria influenciar as tramas de suspense do cinema e os livros protagonizados pelo mais famoso agente secreto, James Bond. O romance é tão ágil e cheio de reviravoltas que foi adaptado pelo mestre do suspense Alfred Hitchcock em 1935. Compre na Amazon

19. O agente secreto (Joseph Conrad)

Nesta obra o autor procura captar o ambiente social e político da Inglaterra vitoriana. O cenário é Londres; o crime, um atentado. Londres no final do século 19 é refúgio para todos os tipos de exilados políticos. Verloc é um deles, um anarquista que passou anos sendo financiado por um governo estrangeiro em suas ações como espião, ao mesmo tempo, que presta informações à polícia metropolitana da cidade. Compre na Amazon

CONHEÇA: Os 5 melhores livros de contos de Agatha Christie

20. Bellini e A Esfinge (Tony Bellotto)

As perguntas acumulam-se na cabeça do detetive Remo Bellini enquanto ele percorre o submundo da cidade de São Paulo em busca de respostas. Aos poucos, os mistérios vão se desvendando de forma surpreendente, até que a decifração do enigma final deixa Bellini perplexo, com um gosto horrível na boca. Compre na Amazon

21. Tablóide Americano (James Ellroy)

A trama, violenta e emocionante, mistura bandidos, ex-policiais, políticos, milionários, astros do cinema e todo tipo de personagem capaz de se envolver, mesmo rapidamente, em atos mais ou menos ilícito, da prostituição ao assassinato, passando por invasão de privacidade, corrupção, tráfico de influências e de heroína. Compre na Amazon

22. Cabeça a prêmio (Marçal Aquino)

Segundo o crítico José Geraldo Couto, neste livro “a obra de Marçal Aquino atinge o ponto de excelência em que a literatura policial deixa de ser apenas policial para se tornar literatura tout court (…), pois os marcos do gênero história de matadores são rompidos em várias direções, de tal maneira que é também um livro sobre um Brasil bárbaro e profundo, sobre as paixões humanas, sobre o acaso e a necessidade”. Compre na Amazon

23. Os comparsas (Elmore Leonard)

Em um thriller acelerado, repleto de gângsteres, ladrões de bancos, vigaristas, policiais corruptos e mulheres fatais, o autor apresenta uma trama onde confiança e traição caminham de mãos dadas na ensolarada Califórnia. Compre na Amazon

24. A cabeça de um homem (Georges Simenon)

Maigret tenta provar a inocência de um homem condenado à morte por um assassinato brutal. Enquanto se desenrola seu plano, ele encontra expatriados americanos com segredos que poderão trazer toda a verdade à tona. Compre na Amazon

25. O alvo móvel (Rossa McDonald)

Lançado em 1949, marca a estréia do detetive Lew Archer, protagonista de quse vinte romances e alguns contos. Ele mesmo se apresenta nas primeiras páginas da trama: “Sou um novo tipo de detetive”. Como todo investigador, Archer procura a verdade existente por trás das dissimulações e hipocrisias, mas vai além: com um olhar irônico e o conhecimento de quem já viveu um bocado, ele quer compreender seus suspeitos para descobrir quais são suas motivações. Compre na Amazon

26. O espião que sabia demais (John Le Carré)

Esse clássico dos romances de espionagem traz de volta o famoso personagem George Smiley em sua melhor forma. Inteligente e audaz. ele se lança em uma trama complexa para descobrir a identidade do agente duplo antes que ele coloque em risco a vida de outras pessoas. Compre na Amazon

27. A segunda confissão (Rex Stout)

Cercado de pistas conflitantes, indícios que se anulam e policiais incompetentes, o detetive Wolfe não poupa artimanhas na busca por respostas. Encontrará o criminoso, nem que para isso seja preciso manipular a imprensa e encarar de perto os dirigentes do Partido Comunista americano.

5 grandes contos de Edgar Allan Poe para ler urgente!

28. O Mistério de Edwin Drood (Charles Dickens)

Charles Dickens estava trabalhando neste livro quando morreu subitamente, em 9 de junho de 1870, aos 58 anos de idade. Seu imenso e fiel público leitor ficou desolado, ainda mais que O Mistério de Edwin Drood era sua primeira incursão pelo nascente gênero da literatura policial e ele não deixou qualquer roteiro sobre como pretendia encaminhar e concluir a estória… Compre na Saraiva

29. A Inocência do Padre Brown (G.K. Chesterton)

As reflexões filosóficas que pontuam a ficção de Chesterton e a escolha do método humanístico da intuição em detrimento da dedução garantiram ao Padre Brown um lugar junto aos grandes detetives da literatura, como Dupin e Sherlock Holmes. Compre o eBook na Amazon

30. A Firma (John Grisham)

O protagonista Mitch compreende que é obrigado a cooperar com o FBI e consequentemente a firma o matará se concordar com a tarefa… Combinando o suspense de Ken Follet com a intriga judiciária de Scott Turow A Firma é um livro que prende o leitor desde a primeira página em permanente suspense. Compre na Saraiva

livros policiais para ler antes de morrer31. Seara Vermelha ( Dashiell Hammett)

Quando o último cidadão honesto do lugar é assassinado, o detetive da Agência Continental assume o caso para descobrir e punir os culpados, mesmo que para isso tenha de dar início a um jogo sujo, envolvendo a cidade inteira numa sucessão de interrogatórios e artimanhas. Compre na Amazon

32. Dragão Vermelho (Thomas Harris)

Quando trabalhava como agente do FBI. Will Graham conseguiu reunir provas suficientes para condenar o canibal Hannibal Lecter. Depois do episódio. decidiu mudar-se para a Flórida com sua família. mas seus dias de tranquilidade são interrompidos quando um antigo chefe lhe pede para investigar uma série de assassinatos misteriosos. Compre na Amazon

33. O Sono Eterno (Raymond Chandler)

Nesta primeira aventura de Marlowe, publicada originalmente em 1939, Raymond Chandler deu nova vida ao romance policial, mesclando uma trama envolvente a um estilo inigualável — corrosivo, cômico e extremamente original. Compre na Amazon

34. Quem matou Roland Barthes (Laurent Binet)

Após vencer o Prêmio Goncourt com seu primeiro romance, HHhH, Laurent Binet volta a transitar pela fronteira entre ficção e realidade numa engenhosa e bem-humorada mescla de thriller histórico e farsa filosófica. A premissa é simples: e se o atropelamento que matou o crítico e semiólogo francês Roland Barthes não tivesse sido um acidente, mas sim um crime? Compre na Amazon 

livros policiais para ler antes de morrer35. Trabalho Impróprio Para Uma Mulher (P. D. James)

Trabalho impróprio para uma mulher foi lançado originalmente em 1972 e publicado no Brasil nos anos 80 com o título Uma profissão muito perigosa . Agora com nova tradução, este é o primeiro livro protagonizado pela detetive Cordelia Gray. Compre na Amazon

36. O Inocente (Scott Turow)

Em Acima de qualquer suspeita, um dos melhores thrillers policiais de Scott Turow, os promotores Rusty Sabich e Tommy Molto se enfrentaram em um julgamento de assassinato envolvendo um intrincado jogo de emoções e suspeitas. Compre na Amazon

37. Um cadáver ouve rádio (Marcos Rey)

Indicado para o público infantojuvenil, a obra retrata a história de um misterioso assassinato em um prédio em construção abandonado. Tudo começa quando um garoto chamado Muriçoca para na entrada do prédio para se proteger da chuva… Compre na Amazon

38. No bosque da memória (Tana French)

Ganhador do prêmio Edgar Allan Poe em 2008, No bosque da memória marca a aclamada estréia da irlandesa Tana French na ficção. No livro, três crianças não voltam para casa ao fim de um dia de passeio na floresta. Quando a polícia chega, apenas uma delas é localizada, banhada em sangue e paralisada de medo, no alto de uma árvore, incapaz de contar um único detalhe do que aconteceu. Compre na Amazon

39. Ed Mort (Luis Fernando Veríssimo)

Em Ed Mort, Verissimo reúne todas as aventuras protagonizadas pelo detetive trapalhão – que já tiveram versões em volumes seriados, quadrinhos e tiras de jornal – agora em único livro. Compre na Amazon

livros policiais para ler antes de morrer40. Os farsantes (Graham Greene)

Com a garra narrativa dos melhores romances policiais, Greene traz nessa espécie de romance de viagem, gênero que o caracterizou, conhecimento histórico e reflexão ética. Compre na Amazon

41. Oeste – a guerra do jogo do bicho (Alexandre Fraga)

Oeste é um romance de tirar o fôlego, uma história surpreendente que se passa no submundo do jogo do bicho no Rio de Janeiro e envolve a cúpula do governo do estado, das escolas de samba e da polícia. Após a morte de Nabor, o capo dos bicheiros, seu legado é disputado entre famílias contraventoras e pelos seus próprios herdeiros. Compre na Amazon

42. Boneco de neve (Jo Nesbo)

No dia da primeira neve do ano, na fria cidade de Oslo, o inspetor Harry Hole se depara com um psicopata cruel, que cria suas próprias regras; O terror se espalha pela cidade, pois um boneco de neve no jardim pode ser um aviso de que haverá uma próxima vítima… Compre na Amazon

43. Vida pregressa (Joaquim Nogueira)

O autor constrói uma narrativa de suspense, romance e ação, com reviravoltas e descrições do cotidiano da polícia civil de São Paulo. Venício, um tira tão sério e durão quanto cativante, descobre que à medida que avança no caso vai ser obrigado a tomar cuidado para salvar a própria pele. Compre na Amazon

44. As Cavernas de Aço (Isaac Asimov)

Outro livro que pode estar nesta lista para confundir. As Cavernas de Aço é um livro de ficção científica, mas também possui um ingrediente importante das narrativas policiais: quem matou quem? Assim, um detetive e um robô vão em busca da verdade sobre um crime que pode abalar o mundo interestelar. Publicado no início da década de 1950, “As Cavernas de Aço” é o primeiro romance da consagrada Série dos Robôs de Isaac Asimov, mesclando de forma magistral os gêneros de ficção científica e literatura policial. Compre na Amazon

RESENHA: As Cavernas de Aço (Isaac Asimov): ficção científica, policial e o mito da caverna

livros policiais para ler antes de morrer45. O exército furioso (Fred Vargas)

Fred Vargas é considerada a rainha do romance policial francês. Neste livro, com seus assistentes Danglard, Retancourt e Veyrenc, o delegado Adamsberg terá de investigar a crença nessa trupe sinistra, desafiar superstições ancestrais e descobrir onde termina a lenda e onde começam os planos macabros de assassinatos em série. Compre na Amazon

46. O chamado do cuco (Robert Galbraith / J. K. Rowling)

Apresentando Cormoran Strike, este é o primeiro romance policial de J.K. Rowling, escrito sob o pseudônimo de Robert Galbraith. Um contemporâneo que merece estar nesta lista de livros policiais para ler antes de morrer. Compre na Amazon

47. Mr. Mercedes (Stephen King)

Mr. Mercedes narra uma guerra entre o bem e o mal, e o mergulho de Stephen King na mente obsessiva e psicótica desse assassino é tão arrepiante quanto inesquecível. Compre na Amazon

48. O dia do Chacal (Frederick Forsyth)

Uma empolgante história, cheia de emoção e suspense, em que se conta como um assassino profissional, conhecido pelo nome de Chacal, esteve literalmente a um centímetro de assassinar Charles de Gaulle e de talvez dar novo rumo à história do mundo. Compre na Saraiva

49. O guerreiro solitário (Henning Mankell)

Quando Kurt Wallander presencia a autoimolação de uma desconhecida, sabe que sua atração irresistível por desvendar mistérios insondáveis arruinará os planos de férias com a nova namorada. Tudo piora quando a investigação desse suicídio ritual se revela infrutífera – o inspetor e sua equipe não conseguem nem sequer descobrir a identidade da garota… Compre na Amazon

50. O homem que amava os cachorros (Leonardo Padura)

Esta premiadíssima e audaciosa obra do cubano Leonardo Padura, traduzida para vários países é e não é uma ficção. A história é narrada, no ano de 2004, pelo personagem Iván, um aspirante a escritor que atua como veterinário em Havana e, a partir de um encontro enigmático com um homem que passeava com seus cães, retoma os últimos anos da vida do revolucionário russo Leon Trotski, seu assassinato e a história de seu algoz, o catalão Ramón Mercader, voluntário das Brigadas Internacionais da Guerra Civil Espanhola e encarregado de executá-lo. Compre na Amazon

Te mais dicas de livros policiais para ler antes de morrer? Escreva nos comentários

Avatar
Francine Ramos

Faz da Livro&Café parte essencial de sua vida desde 2011. É professora de Língua Portuguesa, adora ler, escrever (um dia vai publicar um livro) e trabalhar com mediação de leitura. Acredita que os livros podem mudar o mundo e ama Virginia Woolf.

13 Comentários
  1. Uma lista sem James Caan e sem David Goodis não é uma lista de um especialista. E se nessa mesma lista são citados Patrícia Melo, Tony Belotto e Marçal Aquino, aí a coisa fica ainda mais grave.

  2. Parabéns pela Lista. Faltaram alguns clássicos mas é questão de gosto pessoal. Vou ler todos os que não li.

  3. Olá!
    Adorei essa sua matéria.
    E, sim, senti falta de três paixões novas minhas (da minha trupe de irmãos que amamos literatura em geral e a policial especialmente), que quero lhe apresentar:

    – Harry Kemelman, norteamericano falecido em 96, e sua deliciosa série do rabino David Small.
    – Arnaldur Indridason, islandês que começou a publicar seus livros neste século. Só o li em inglês, até agora (Jar City, Into Oblivion, Operation Napoleon), mas já existem livros dele publicados aqui em português.
    – Robert Goddard, inglês, do qual li apenas Into the Blue, até agora.

    beijo,

  4. Olá Francine !!
    Fantástica a iniciativa. Já li alguns da lista, outros foram novidades. Mas o importante é que a relação está ótima. A inclusão de Crime e Castigo de Dostoiévski foi perfeita.
    Também senti a falta da citação à Patricia Cornwell, excelente. Sugiro Body of Evidence como referência.
    No mais, muito obrigado pelas dicas.

    João Silva

  5. Peguei várias sugestões da lista, vai para minha meta de leitura de 2018, valeu.

    Sobre a Patrícia ela tem vários livros que a personagem central é uma médica legista chamada Kay Scarpetta.
    O primeiro é Post Morten, a companhia das letras publicou uma edição, mas a Paralela publicou uma mais recente, que vale mais a pena pelo material do livro.
    Super indico a leitura da obra dela começando por ele. Espero que tenha a oportunidade de ler e que goste

    Ela também tem um livro sobre Jack o Estripador, que ela escreveu com base na pesquisa que ela fez sobre o famoso caso, se chama Retrato de um Assassino.
    Abraço.

Deixe um comentário

O seu e-mail não será publicado