8 livros de Terry Eagleton para aprender literatura

Compartilhe:

Terry Eagleton é um filósofo e crítico literário britânicos que concluiu um mestrado com apenas 24 anos. As suas pesquisas relacionam literatura e marxismo. O autor publicou mais de 40 livros sobre cultura, política e religião e também diversos artigos e ensaios. Geralmente, suas entrevistas são polêmicas, mas também propõe debates essenciais para o mundo. Eagleton é professor nas universidades de Lancaster na Inglaterra, Notre Dame nos Estados Unidos e na Universidade da Irlanda. Confira abaixo 5 livros de Terry Eagleton para aprender literatura:

Teoria da Literatura – uma introdução

“Teoria da literatura: uma introdução, de Terry Eagleton, serviu como incentivo, guia e inspiração para uma geração inteira de estudantes e professores. Esta nova edição brasileira baseia-se na última edição inglesa, em 1996, atualizada pelo autor. Com o humor e a verve que lhe são característicos, Terry Eagleton oferece, para uma nova geração de estudantes, uma importante retrospectiva passando em revista os desenvolvimentos que ocorreram, desde que seu livro foi publicado pela primeira vez, na teoria feminista, no pós-estruturalismo, no pós-modernismo, ou, de modo mais amplo, o que denomina teoria cultural.” + Amazon

Marxismo e Crítica Literária

Lançado originalmente em 1976, este livro de Terry Eagleton veio em um momento em que as principais ideias do marxismo estavam em ebulição nos círculos intelectuais e presentes nas discussões acadêmicas. A partir do gancho oferecido pelas circunstâncias de então, o autor procurou uma abordagem diferenciada do pensamento marxista, buscando sua relação com a produção artística e o modo como a ideologia influencia a literatura Para chegar a este denominador comum, Eagleton analisa e interpreta a produção de alguns autores pertencentes à tradição marxista, tais como o próprio Marx, Engels, Plekhanov, Trostski, Lênin, Lukács, Goldmann, Cauldwell, Benjamin e Brecht. Nesta exemplar introdução à crítica marxista, Terry Eagleton consegue esmiuçar os produtos literários derivados desta corrente. + Amazon

Como ler literatura 

Terry Eagleton

O que faz com que uma obra literária seja boa ou ruim? Com quanta liberdade interpretá-la? Devemos acreditar no que diz o narrador? E o que acontece com os personagens depois que a história acaba? Neste livro acessível, delicioso e divertido, Terry Eagleton – um dos grandes críticos literários e um dos mais importantes intelectuais da atualidade – mergulha nessas questões intrigantes e muitas outras, tratando romances, poesias e dramas não como um assunto acadêmico, mas como uma parte riquíssima da cultura de todos nós. Como ler literatura é uma obra perfeita para quem está iniciando o estudo da literatura e para todos os demais leitores interessados em aprofundar sua compreensão e enriquecer sua experiência de leitura. + Amazon

A tarefa do crítico

Terry Eagleton

Nos primeiros meses de 1930, Walter Benjamin planejou uma coletânea de ensaios sobre literatura com o objetivo de recriar a crítica como gênero, mas este livro nunca se materializou; e assim como seu projeto sobre as passagens parisienses também esboçado em 1930, a obra foi considerada por ele uma das derrotas em grande escala de sua vida. Entretanto, sobreviveram resíduos vitais da sua tentativa de recriar a crítica da época. Em meio a esse brilhante repositório do início dos anos 1930, estão anotações para um ensaio sobre A tarefa do crítico, um dos artigos que Benjamin planejava incluir na coletânea não publicada sobre literatura. Nas anotações de Benjamin sobre a tarefa do crítico, como já indicado, ele enfatiza que um grande crítico permite que os outros formem suas próprias opiniões com base na análise crítica que ele produz. Esperamos que este livro exemplifique essa máxima em relação a Eagleton, em especial porque, como Stuart Hall observa, a forma interrogativa de um livro de entrevistas, pelo menos potencialmente, convida o leitor a participar de algo que é, em todo caso, um diálogo. + Amazon

A ideia de cultura

Nesta obra, Terry Eagleton se debruça sobre os usos, o significado e as noções de cultura. Mais do que uma busca para desvendar as origens do sentido dado à palavra, ele se propõe a rever seu significado tanto antropológico quanto estético, abarcando o entendimento de cultura em mais de uma vertente. A partir deste apanhado, o autor segue para discutir a crise moderna da ideia de cultura, passando pelos atuais choques culturais e debatendo a dialética da natureza e da cultura. Assim, este título abre a mente do leitor para questões fundamentais do mundo contemporâneo, tais como a homogeneização da cultura de massa, a função da cultura na estruturação do Estado-Nação e a construção de identidades e sistemas doutrinários. + Amazon

Conheça 8 livros para entender (um pouco) a literatura

Compartilhe:
Imagem padrão
David Santos
David Santos Machado tem 28 anos, mora em Itapetininga – SP. Gosta mais de livros que café, mas acha divertida essa junção. Acredita que Poe ainda vive – em um canto de sua própria casa. Teme ficar obcecado por isso, mas se controla ao som de música clássica e uísque, mas só aos finais de semana.

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário