Lendo Virginia Woolf para sempre: atualizações do clube para 2018

Black Friday Amazon

Em junho de 2016 comecei com o meu projeto de ler Virginia Woolf em ordem cronológica. Aproveitei para criar o grupo “Clube de Leitura Virginia Woolf” no Facebook. De lá para cá, concluímos a leitura do livro A Viagem, o primeiro da autora e também fizemos a leitura de vários contos. Em 2017 o clube teve uma pequena pausa, mas voltou no último mês! Para 2018, atualizei a lista de leituras. A ideia é ler com calma e sem muita pressão. Vem comigo!

Compre na Amazon

Janeiro:

Romance: Noite e dia (continuar a leitura iniciada no ano passado)

Conto: O quarteto de cordas

Fevereiro:

Romance: Noite e dia (finalizar a leitura)

Conto: Azul e verde

Março:

Compre na Amazon

Romance: O quarto de Jacob (iniciar a leitura)

Conto: Uma escola de mulheres vista de fora

Abril:

Romance: O quarto de Jacob (finalizar leitura)


Conto: No pomar

Maio:

Romance: Mrs. Dalloway (iniciar a leitura)

Conto: Mrs. Dalloway em Bond Street

Compre na Amazon

Junho:

Romance: Mrs Dalloway (finalizar a leitura)

Conto: A cortina da Babá Lugton

Julho:

Romance: Ao Farol (iniciar leitura)

Conto: A viúva e o papagaio – uma história verídica

Agosto:

Compre na Amazon

Romance: Ao Farol (finalizar leitura)

Conto: O vestido novo

Setembro:

Romance: Orlando (iniciar leitura)

Conto: Felicidade

Outubro:

Romance: Orlando (finalizar leitura)

Conto: Antepassados

Compre na Amazon

Novembro:

Romance: As Ondas (iniciar leitura)

Conto: A apresentação

Dezembro:

Romance: As Ondas (finalizar leitura)

Conto: Juntos e à parte

Veja também o vídeo no canal [ad#adyt]

Imagem padrão
Francine Ramos
Editora da Livro&Café desde 2011. É professora de Língua Portuguesa e tenta ser escritora (um conto seu foi publicado na coletânea Leia Mulheres, em 2019). Acredita que os livros podem mudar o mundo e ama Virginia Woolf.

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

2 comentários

  1. […] Os dois contos podem apresentar, de formas diferentes, as múltiplas camadas sensíveis da vida e um jogo entre os tipos de espectador e de observação, inclusive de si mesmo. Isso também acontece em alguns outros contos, por exemplo este que também possui post sobre aqui no blog: Comentário: A Dama no Espelho: reflexo e reflexão, de Virginia Woolf. Para quem quiser ler a obra da autora de forma mais interativa, há um grupo criado por Francine Ramos com esse propósito. Aqui está o post dela sobre: O quarteto de cordas (Virginia Woolf): a beleza que pode morar no cotidiano. E aqui o post onde ela explica um pouco mais sobre o grupo: Lendo Virginia Woolf para sempre: atualizações do clube para 2018. […]

Deixe um comentário