[Editorial 3] As mulheres existem e resistem

O mês de março já se consagrou como o mês da mulher, por conta do dia 08 de março. Nesta época, são várias as comemorações, homenagens, palestras com temas femininos, mas a pergunta que fica é: e no restante do ano? Deixamos de existir?

Estamos em um país em que as taxas de feminicídio só aumentam, os direitos das mulheres são desrespeitados e descartados com enorme facilidade, e onde a desigualdade de gênero se mantem fortemente atrelada às desigualdades de classe e raça. Apesar de tudo isso, nós existimos e resistimos. Apesar da invisibilidade – em casa, no trabalho, na vida pública – e da violência diária, nós existimos e resistimos.

Podemos não estar nas prateleiras, nos cargos de chefia, nos créditos de um simples trabalho, podemos nem estar vivas, mas nós existimos e resistimos.

E em março, como em todos os meses do ano, a revista Livro & Café busca dar visibilidade às mulheres, especialmente por meio da literatura, um espaço também negado à participação feminina por muito tempo! Sabemos que, para manter os poucos direitos conquistados e ampliá-los, o caminho é muito longo, assim como sabemos que os próximos anos não serão fáceis. Mas nossa voz não será calada!

Você vai ler e ver por aqui a mulher e toda a sua completude, sua vivência pessoal, profissional e artística.

“Não se nasce mulher, torna-se mulher.” – Simone de Beauvoir 
Vamos juntas!
Bruna Bengozi e Francine Ramos
Editoras
Livro & Café
Francine Ramos

Faz da Livro&Café parte essencial de sua vida desde 2011. É professora de Língua Portuguesa, adora ler, escrever (um dia vai publicar um livro) e trabalhar com mediação de leitura. Acredita que os livros podem mudar o mundo e ama Virginia Woolf.

Não há comentários. Seja o primeiro!

Leave a Reply

O seu e-mail não será publicado