5 livros de Oswald de Andrade para conhecer o Modernismo

O nome Oswald de Andrade (1890 – 1954) é importante para conhecer o Modernismo no Brasil porque o autor, além de ter influenciado outros artistas da época, produziu uma obra única em meio ao movimento literário de sua época. Por isso, elaboramos essa lista com 5 livros de Oswald de Andrade para conhecer o Modernismo. E para que esta lista faça mais sentido, elencamos também algumas informações essenciais sobre o autor:

  • Participou ativamente da organização da Semana da Arte Moderna, em 1922;
  • Escreveu dois manifestos essenciais para o Modernismo no Brasil, alinhado com o que acontecia no meio artístico da Europa: Manifesto da Poesia Pau-Brasil e Manifesto Antropófago;
  • Ficou conhecido como o mais rebelde e irreverente poeta da época, sendo chamado de “O poeta revolucionário”;
  • Como os outros Modernistas, rompeu os moldes tradicionais da poesia;
  • Adotou o verso livre, fez uso da linguagem coloquial e irônica.

Vamos à lista de 5 livros de Oswald de Andrade para conhecer o Modernismo:

livros de Oswald de Andrade1. Manifesto antropófago

“Este volume da Coleção Grandes Ideias reúne quatro textos lapidares de Oswald de Andrade: “Manifesto da Poesia Pau Brasil”, “Manifesto Antropófago”, “falação” e “Antologia”. Portanto, nessa seleta é possível ter acesso ao projeto estético cultural e à crítica contundente sobre a ideia de nação. E, claro, com a marca da inteligência, do humor e do poder de síntese do mais transgressor dos modernistas. + Amazon

livros de Oswald de Andrade2. Poesias reunidas

Este volume de Poesias reunidas inclui ainda 22 poemas inéditos e farta fortuna crítica, além das ilustrações originais de Tarsila do Amaral, Lasar Segall e do próprio Oswald.

Marcados pelos cortes rápidos, telegráficos, os versos se apropriam das técnicas de montagem das artes plásticas e do cinema. Assim, o resultado é uma obra transgressora que influenciou a literatura, as artes visuais, a filosofia, a antropologia e os estudos culturais. + Amazon

livros de Oswald de Andrade3. Telefonema

Telefonema, de Oswald de Andrade, volume tão importante quanto pouco frequentado dentro da produção desse que é um dos maiores nomes do modernismo brasileiro. O livro reúne 183 textos (incluindo inéditos), num alentado volume de 800 páginas. + Amazon

livros de oswald de andrade4. Dicionário de bolso

Esse Dicionário de bolso é um conjunto de máximas e aforismos que o poeta modernista reuniu na forma de verbetes. A esmagadora maioria das definições se refere a nomes próprios de personagens da história universal e brasileira. Esse manual onomástico, porém, não tem caráter informativo; sua tônica é a irreverência iconoclasta e bem-humorada. + Amazon

O homem do povo

O semanário político O Homem do Povo foi publicado em 1931 por Oswald de Andrade e de sua então mulher Patrícia Galvão, a Pagu.

A crise mundial deflagrada pelo crash de 1929, o empobrecimento geral e o enorme acirramento entre esquerda e direita levou Oswald e Pagu à militância partidária. Então, se filiaram ao Partido Comunista do Brasil e passaram a publicar O Homem do Povo para espalhar a mensagem da revolução entre o operariado urbano. + Amazon

Anúncio
Avatar
Francine Ramos

Faz da Livro&Café parte essencial de sua vida desde 2011. É professora de Língua Portuguesa, adora ler, escrever (um dia vai publicar um livro) e trabalhar com mediação de leitura. Acredita que os livros podem mudar o mundo e ama Virginia Woolf.

1 comentário

Deixe um comentário

O seu e-mail não será publicado