Os 10 melhores livros de poesia lançados em 2019

Se tem um campo no universo dos livros que merece toda a nossa atenção, é o campo da poesia. Digo isso justamente pela dificuldade que tenho em descobrir as novidades lançadas todo ano. O poeta, o grau máximo da arte das palavras, parece tão esquecido… Mas realizei uma pesquisa e cheguei a essa pequena lista que, com certeza, ainda não atinge tantos poetas e poesias que estão sendo publicadas por aí e merecem a leitura. Mas de qualquer forma, como um pedido de atenção, aqui está a minha lista com os melhores livros de poesia lançados em 2019!

1. Querem nos calar: Poemas para serem lidos em voz alta (Mel Duarte)

Antologia Querem nos calar: poemas para serem lidos em voz alta reúne poesias de 15 mulheres slammers de todas as regiões do Brasil. Os chamados poetry slams chegaram ao Brasil pelas mãos de Roberta Estrela D’Alva, em 2008, e são batalhas de poesia falada com temática livre que tem como destaque temas como racismo, machismo e desigualdade social. COMPRE NA AMAZON

2. Retratos com erros: poemas (Eucanaã Ferraz)livros de poesia

Entre o concreto e o imaginado, entre os contos de fadas e as histórias de terror, Retratos com erro desenha muitos mundos que, feito espelhos distorcidos, se multiplicam e se deformam. Se por um lado Eucanaã Ferraz descreve com veemente lirismo o amor zeloso e o desejo tórrido, a beleza e a perfeição, por outro o horror, o medo, a loucura e um riso esgarçado convivem na mesma moldura. COMPRE NA AMAZON

3. Rosa que está ( Luci Collin)

A poesia de Luci Collin continua alta. Melhor: continua crescendo. Melhor ainda: continua séria. O que oferece aos leitores é uma notável sequência de poemas, escrita com ponta fina, digitada firmemente. Se bem me lembro do que eu senti anteriormente, a coesão de sua poética mantém o equilíbrio perfeito de uma progressão exata de uma carreira contínua. A prova disso está nos poemas, cito alguns ou poderia citar todos, pois é difícil preferir uns e deixar de lado outros: “Alinho”, “Incombinado”, “Traço”, “Lida”, “Rogativa”, “Acontecido”, “De se fazer”, “Cinzel”, “Manto”, “Shikantaza”, “Lembrete”, “Remissivo”, “Raso”. COMPRE NA AMAZON

CONHEÇA: 7 lindas poesias de Conceição Evaristo

4. Jamais peço desculpas por me derramar (Ryane Leão)

livros de poesiaSegundo livro de Ryane Leão, mulher preta, poeta e professora, criadora da página onde jazz meu coração, com mais de 600 mil seguidores nas redes sociais.

“A poesia é minha chance de ser eu mesma diante de um mundo que tanto me silencia. é minha vez de ser crua. minha arma de combate. nossa voz ecoada. nossa dor transformada. nela eu falo sobre amor, desapego, rotina, as cidades que nos atravessam, os socos no estômago que a vida dá, o coração desenfreado, a pulsação que guia as estradas, os recomeços, os dias, as noites, as madrugadas, os fins, os jeitos que a gente dá, as transições, os discos, os tropeços, as partidas, as contrapartidas, os pés firmes que insistem em voar, e tudo isso que é maluco e lindo e nos faz ser quem somos.” COMPRE NA AMAZON

5. Poesia + (antologia 1985-2019)  Edimilson de Almeida Pereira 

Esta antologia, organizada pelo próprio autor em oito blocos temáticos (incluindo 34 poemas inéditos), atesta de maneira decisiva a singularidade de um percurso poético que dialoga com linhas centrais do modernismo brasileiro mas também, com uma força raras vezes vista entre nós, incorpora vozes historicamente silenciadas e formas extremamente originais de ver/pensar o mundo, nas quais a carga de ancestralidade e o poder de invenção contemporâneo convivem e se renovam mutuamente. COMPRE NA AMAZON

6. Navio Negreiro (Maria Duda)livros de poesia

A poesia insurge pujante no texto, no corpo e na voz. Arrebata e arrebenta a um só tempo. Descoloniza mentes, atravessa estruturas, quebra paradigmas em seu estado pleno de consciência, memória e ancestralidade. A poesia tomou seu lugar para si e vem dos guetos. Se espalha, dominando toda cidade como forma de ocupação, pertencimento e manifesto – social, mas antes e acima de tudo, literário. Assistimos a esse movimento e somos parte dele. COMPRE NA AMAZON


livros de poesia7. Antes que seja tarde para se falar de poesia (Letícia Brito)

Em tempos difíceis, como os atuais, fazem-se ainda mais necessários os sonhos e afetos dos poetas. Neste livro de estreia de Letícia Brito, pela Editora Malê, você vai encontrar denúncias e desabafos dos tempos atuais com a cara da poesia contemporânea. Letícia brito dedica-se à poesia falada (spoken word/poetry slam) e às micro-revoluções político-sociais onde a poesia incinera, afaga, afeta e transforma. COMPRE NA AMAZON

8. Trópico de papel (Cesar Garcia Lima)livros de poesia

São muitas as chaves e os achados que se escondem neste trópico: da palavra acre à muiraquitã quebrada, do bumerangue de dúvidas às certezas do que realmente importa, muito além do que possa talvez parecer. No zoom do poeta, Ulisses às avessas, o mundo se amplifica nas múltiplas versões do enredo. Do Rio a Bagdá, de San Francisco ao Coliseu, na companhia de Mozart, Arcimboldo, Mário, Hilda ou Suely, as tramas sutis que aqui nos enredam, verso a verso, também nos levam cada vez mais longe, no vale-transporte oferecido pelo autor. COMPRE NA AMAZON

9. O Brasil na poesia africana de língua portuguesa: Antologia

Esta antologia, organizada pelas Profas. Dras. Vima Lia R. Martin e Anita M. R. Moraes, apresenta vinte e um poemas da literatura africana de língua portuguesa que, de alguma maneira, referenciam o Brasil ou os brasileiros. Assim, com textos de onze poetas de diferentes países africanos – Angola, Cabo Verde, Moçambique, São Tomé e Príncipe –, a antologia nos apresenta os olhares que ficaram do outro lado do Atlântico. COMPRE NA AMAZON

10. Os Fantasmas inquilinos (Daniel Jonas)

Esta é a primeira edição no Brasil a trazer uma amostra significativa da obra de um dos maiores poetas portugueses da atualidade. Daniel Jonas possui uma carreira bastante incomum, grandiosa mesmo numa terra tão fértil em poetas como Portugal. Por fim, publicou nove livros de poemas que cedo lhe conferiram prêmios importantes no seu país e na Europa. COMPRE NA AMAZON


Avatar
Camila Martins

Fã de David Foster Wallace e Italo Calvino, perde horas assistindo séries na Netflix, gosta de sorvete de amendoim e ouvir The Strokes aos domingos de manhã. Colabora no Livro&Café desde janeiro/2017.

Não há comentários. Seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu e-mail não será publicado