Escrever ficção

Escrever ficção (Luiz Antonio de Assis Brasil): um manual de criação literária

Você sabe por onde começar a escrever? Escrever Ficção pode ser um bom guia para quem quer se aventurar pela escrita.

É claro que li esse livro porque quero escrever um romance. E esta resenha é apenas uma forma de compartilhar com aqueles que, como eu, sentem todas as inseguranças quando olha para a tela branca do computador. Como escrever? Por onde começar? Como construir uma boa personagem? Cenários? Enredos? Narradores? Estilo? Clímax? Tensão? Como que se constrói um bom romance? Se você gosta de discutir e repensar os caminhos da produção literária, irá adorar o livro “Escrever ficção”, do escritor e professor Luiz Antonio de Assis Brasil.

Escrever ficção: um manual de criação literária.
COMPRE NA AMAZON

Não é fácil escrever e ninguém disse que é…

A gente se engana quando pensa que está pronto para escrever um romance. E a gente se engana também quando acredita que será impossível escrever um romance. Essa é a minha experiência que compartilho com você, leitor, e afirmo que com o livro “Escrever ficção” me sinto mais segura nos caminhos para os meus processos de escrita.

Escrever é um longo percurso. É como mergulhar, sair com a roupa toda molhada e quando a roupa estiver toda seca, perceber que será necessário um novo mergulho. Porém, a inexperiência com a produção de um romance pode transformar esses mergulhos em afogamentos, pesadelos, medos, inseguranças e morte de ideias que, a princípio, eram tão boas… Assim, o livro “Escrever ficção” nos fornece uma luz em meio ao caos da produção artística de escritores inexperientes.

Tudo isso porque é fácil se perder no caminho da escrita e, quando a gente lê e estuda o livro de Antonio de Assis Brasil, temos a oportunidade de aprender e reaprender sobre a estrutura de um romance. De forma clara, carinhosa e com exemplos incríveis, o livro “Escrever ficção” ensina as artimanhas da escrita, mas sem cair nas fórmulas fáceis. Ou seja, é um livro que respeita seus leitores/escritores.

O que tem no livro?

O livro é dividido em nove capítulos. Cada um deles foca em um componente da criação literária com definições, exemplos e reflexões. É como se Antonio de Assis Brasil estivesse nos dando uma aula por escrito. O sumário e as primeiras páginas desse livro podem ser consultadas gratuitamente no site da Amazon.

Para mim, o livro funcionou como uma espécie de ajuste de engrenagem. Como se minha escrita fosse construída de um jeito torto, peças incompletas e falta de óleo. Ao ler, capítulo a capítulo, ajustei essas peças, endireitei algumas partes tortas (a insegurança) e lubrifiquei meus pensamentos.

Se estou pronta para escrever um romance? O livro me proporcionou a liberdade de pensar que sim logo no início e, por fim, veio um aprendizado muito significativo, que, na verdade, eu já tinha lido em outros livros, com outras palavras e sentidos, mas que se encaixa perfeitamente com o que penso sobre a arte: domine todas as artes e depois esqueça-as para ter a liberdade de construir o que quiser.

Compre o livro “Escrever ficção” na AMAZON

Imagem padrão
Francine Ramos
Editora da Livro&Café desde 2011. É professora de Língua Portuguesa e tenta ser escritora (um conto seu foi publicado na coletânea Leia Mulheres, em 2019). Acredita que os livros podem mudar o mundo e ama Virginia Woolf.

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário