escritoras de Sorocaba

11 escritoras de Sorocaba para conhecer e prestigiar

Uma lista - sempre em construção - sobre mulheres sorocabanas que resistem e fazem literatura!

Sorocaba, no interior de SP, tem muitas artistas, ilustradoras, cantoras e escritoras! E como a Livro & Café nasceu e é mantida na cidade sorocabana, nada mais justo do que dar espaço para divulgar algumas mulheres daqui que fazem das palavras seu meio de trabalho, resistência e superação. Até porque sabemos o quanto é difícil fazer e viver da literatura (e da arte, de um modo geral) no Brasil, seja por não estar nas grandes capitais, seja por questões de gênero, de raça, de classe, de incentivo etc.

Se você conhece outras escritoras de Sorocaba, deixa nos comentários. Já não vejo a hora de fazer a segunda, terceira, quarta parte desta lista!

Ana Cristina Rodrigues Henrique

Ana Cristina Rodrigues Henrique. Foto: Emídio Marques/Jornal Cruzeiro do Sul.

Talvez a Ana Cristina seja a escritora mais jovem desta lista, mas sua carreira literária é de destaque! Seu primeiro livro foi publicado em 2015, aos 11 anos, e desde então foram diversas obras lançadas, a maioria de poesias: Sementes de Ana Cristina, Flores de Ana Cristina, Frutos de Ana Cristina, Vivendo no automático e PoeSer (poesia e crônica). Além disso, Ana já assinou um prefácio, ganhou quatro concursos de poesias no Brasil e palestrou para escolas, empresas e universidades. Atualmente, é estudante do 2° ano do Ensino Médio no Colégio Uirapuru, através de uma bolsa do Instituto Social para Motivar, Apoiar e Reconhecer Talentos (ISMART). Segundo a poeta, ela se interessa muito por fatores que envolvem educação e arte, em busca de uma sociedade mais igualitária.

A Ana tem perfil no Facebook! Acompanhe para saber mais sobre a sua trajetória literária.

Carina Cardoso

Carina Cardoso. Foto: Divulgação.

Carina Cardoso é votorantinense (SP), mas mora em Sorocaba há muitos anos. É formada em Letras pela Uniseb, com especialização em Linguística e ensino de língua estrangeira na mesma universidade. Atualmente, estuda História, uma de suas paixões. Possui trabalhos literários literários publicados na internet e desde 2016 faz parte do grupo Coesão Poética de Sorocaba, por meio do qual participa ativamente de saraus e oficinas de poesias. Pelo Clube dos Autores, publicou O Despertar para o Paraíso, Fragmentos de Carina, Elas por mim e O Egito para Iniciantes.

Siga a Carina no Facebook e Instagram e saiba mais sobre os seus livros.

Dayan Marchini

Dayan Marchini. Foto: Divulgação.

A Dayan Marchini é artista, educadora, poeta e revisora textual. Participou da obra Entre Quatro Paredes de Poesia, que reúne trabalhos de quatro jovens escritoras brasileiras (Dayan, de Sorocaba; Raquel Coronel, de São Paulo; Thaciana Rodrigues e Marcela Pinheiro, de Caruaru, PE), que utilizam a arte como elemento transformador e libertador. Em novembro de 2019, lançou o livro Poesie-se, que pode ser adquirido diretamente com a escritora. Além dos livros, Dayan é idealizadora e fundadora do projeto Toda Criança é um Poema.

Quer saber mais sobre o trabalho da Dayan? É só seguir o seu perfil no Instagram.

Eliete Della Violla

Eliete Della Violla. Foto: Camila Fontenele.

Eliete Della Violla é escritora, designer gráfica e artista visual. É formada em Design Gráfico, começou publicando seus escritos em um blog em 2008 e, a partir de 2017, começou a produzir zines (já unindo artes visuais, design e literatura) e participar de feiras gráficas por Sorocaba e região. Em 2019, lançou seu primeiro livro, intitulado Sim. “Tenho uma ligação muito forte com a palavra. A poesia foi o primeiro acontecimento artístico que me ocorreu na vida, quando eu ainda nem sabia o que era poesia, o que era literatura, o que era arte. Isso já vai fazer dez anos. De lá pra cá, muita coisa aconteceu, outras manifestações se somaram, mas nunca parei de escrever”, explica a artista. Você pode saber mais sobre o livro aqui e conferir um bate-papo bem legal que a Eliete teve com a Mari Mendes especialmente para a revista.

A Eliete tem páginas no Instagram e Facebook e um site especial para quem quiser conhecer mais os seus trabalhos!

Fabiana Ferraz

Fabiana Ferraz. Foto: Bruno Ciscon/Divulgação.

A Fabiana nasceu em Osasco, mas já está em Sorocaba há mais de 10 anos. E foi nesta cidade que fundar o Clube de Escrita de Sorocaba, que reúne escritores da região. Segundo a autora, “Vive com a cabeça nas nuvens, perdida no limiar entre a fantasia e a realidade.” Tem diversos contos publicados e elogiados, entre eles, “A Natureza das Minhas Intenções”, que está na antologia Vilãs: Contos sobre mulheres poderosas e o lado obscuro das histórias, organizada pela escritora Clara Madrigano e publicada pela editora Corvus, e no qual faz uma releitura da história da Madrasta Má da Branca de Neve. Já A Mulher e O Vento, um conto de terror também publicado pela Corvus, trata de temas como a solidão e da ansiedade da mulher. Aliás, a Francine Ramos escreveu um pouquinho sobre esse trabalho da Fabi. Seu mais recente trabalho é Engrenagens, noveleta que compõe a coleção Ziguezage da Plutão Livros.

A Fabiana é super ativa nas redes sociais, vale a pena segui-la no Instagram e no Facebook!

Francine Ramos

Francine Ramos. Foto: Facebook.

Não poderia deixar de indicar aqui na lista a Francine, que, além de ter criado a Livro & Café pelo seu amor pelos livros e ser apaixonada pela Virginia Woolf, também é professora e – segundo a própria – tenta ser escritora. Seu conto, “O que acontece em um jardim na madrugada”, foi publicado na coletânea Leia Mulheres, lançado pela Pólen Livros em 2019 e que reúne textos produzidos pelas mediadoras do projeto Leia Mulheres e vencedoras de concursos literários da plataforma Sweek em 2017 e 2018. Já queremos mais contos escritos pela Fran!

Enquanto isso, você pode acompanhá-la no Facebook e no Instagram!

Julia Coelho

Julia Coelho. Foto: Cássie Moraes Fotografia.

A Julia Coelho tem 18 anos, é escritora e poeta sorocabana, sendo que tem preferência pelo termo poeta ao invés de poetisa. Desde cedo criara hábito pela leitura, tornando-se uma leitora ávida, e apesar de ter começado a escrever aos 9 anos, a escritora tem a sensação de ter sido destinada desde que nasceu a escrever, como se algo lhe faltasse e tivesse demorado uma quantia de tempo para finalmente concretizar suas ideias. Em 2018, a jovem autora lançou O cemitério de palavras que eu nunca disse: poemas de uma garota não tão comum sobre o cotidiano, pela editora Viseu, que também será a casa de seu segundo livro, A amplitude de um coração que bate pelo mundo, ainda sem data de lançamento.

A Julia está no Facebook e no Instagram.

Mari Mendes

escritoras de Sorocaba
Mariana Mendes. Foto: Camila Fontenele.

A Mariana Mendes já é conhecida por quem segue a Livro & Café, já que ela trouxe ótimas colaborações para a revista e nos concedeu uma entrevista muito bacana que você pode conferir aqui. A Mari é mineira, nascida em Itaúna. Mora em Sorocaba, no interior de São Paulo, desde pequena. Em 2017 participou da Feira Zica, em Sorocaba, onde lançou de maneira independente seu conto Derramada. Em maio de 2018 foi convidada pelo poeta Evandro Aranha a apresentar seus poemas no Sesc Sorocaba. Ainda em maio de 2018 ficou entre as dez finalistas da campanha internacional #HerStory, promovida pela plataforma Sweek em parceria com o projeto Leia Mulheres e a editora Pólen Livros. É mãe; trabalha como redatora e, em 2019, lançou Potências do Encontro, seu primeiro livro que traz contos que abordam temas como maternidade, subjetividades e estranhamentos que unem e distanciam as personagens etc.

Você pode acompanhá-la em suas redes sociais: Instagram e Facebook

Mayra Carvalho

escritoras de Sorocaba
Mayra Carvalho. Foto: Facebook.

A sorocabana Mayra Suelen de Lima Carvalho é escritora e mestre pela UFSCar. Em 2016, publicou o livro Onde fica o para sempre pela editora Drago e, em 2019, a obra O contrato pela Bambolê – o livro chegou a ser lançado na Bienal do Rio de Janeiro. Em entrevista ao G1, realizada em 2019, Mayra contou que desde criança gostava de escrever e de ler. Porém, os afazeres do trabalho e do dia-a-dia a fizeram se afastar das leituras. Apenas anos mais tarde que Mayra redescobriu o prazer dos livros. “Meu filho mais velho nasceu com Síndrome de Down e eu saí do trabalho para cuidar dele. Fiquei mais em casa e voltei a ler, principalmente autores nacionais, e percebi que eu também poderia fazer isso”, conta a escritora.

A Mayra tem perfil no Facebook e no Instagram.

Silvana Rando

escritoras de Sorocaba
Silvana Rando. Foto: Pedro Negrão/Arquivo JCS (20/1/2017).

A premiada Silvana Rando nasceu e cresceu em Sorocaba, interior de São Paulo. Apaixonada por livros infantis, começou a trabalhar como ilustradora em 2006, após ter se formado em Ciências Contábeis, trabalhado como secretária executiva e ter tido uma livraria na cidade. Já ilustrou mais de cinquenta títulos e hoje também é autora. Em 2011, seu livro Gildo (Brinque-Book, 2009), que traz um elefantinho simpático e medroso, foi contemplado com o Prêmio Jabuti de ilustração de livro infantil. Entre suas obras, estão Sete Cachorros Amarelos (Brinque-Book, 2013) e Socorro: uma vida nada fácil (Escarlate, 2020).

A Silvana tem páginas repletas de ilustrações no Facebook e no Instagram! Uma graça!

Thais Laham Morello

escritoras de Sorocaba
Thais Laham Morello. Foto: Facebook.

A Thais Laham Morello nasceu em São Paulo, mas também vive em Sorocaba há vários anos, onde atua como psicóloga especialista em psicologia clínica psicanalítica. É autora de livros infantis como a série do Atum, o gato grato, o livro CA-TA-RI-NA e O búfalo que só queria ficar abraçado, todos publicados pela editora Carochinha, além da obra Conte Para Alguém!!!, publicado pela editora Metanoia. Em 2020, lançou A Corda, seu primeiro livro para adultos e também o primeiro publicado de maneira independente, que contou com design gráfico e ilustrações de Eliete Della Violla. Você pode ler mais sobre o livro neste post.

E você também pode seguir a Thais nas suas redes sociais: Facebook e Instagram.


Leia mais: 10 escritores brasileiros contemporâneos para conhecer já

Imagem padrão
Bruna Bengozi
Bruna é mestra em História pela USP e graduanda em Letras pela Univesp. Redescobriu (e redescobre) o amor pelos livros, pela música e pela vida. Aguarda ansiosamente a queda do capitalismo e do patriarcado. Sofre de "síndrome da impostora".
Artigos: 239

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário