quadrinistas

Cinco quadrinistas brasileiras para ler em 2021

No Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos, vamos conhecer cinco mulheres que estão fazendo excelentes e premiadas HQs em nossa país!

Já comentei aqui o quanto o gênero das histórias em quadrinhos, as HQs, tem ganhado espaço e leitores ao longo dos anos. Temos adaptações de clássicos da literatura, nomes consagrados, como Quino e Maurício de Sousa, além de diversos jovens artistas que produzem histórias inovadoras e interessantes.

Mas como vivemos em uma sociedade marcada pelas desigualdades de gênero, raça e classe, o universo das HQs também carrega suas disparidades, com pouco espaço para as produções de quadrinistas pertencentes a grupos minoritários. Felizmente, existem movimentos que buscam questionar e transformar essa realidade. Um exemplo é o projeto Mina de HQ, selo e mídia independente sobre histórias em quadrinhos, feminista e com perspectiva de gênero, que viabiliza pesquisa, divulgação e resenhas sobre HQs feitas por mulheres e pessoas não binárias.

quadrinistas
Foto: Bruna Bengozi

Pensando em tudo isso e por ser uma fã de HQs, resolvi listar cinco quadrinistas para você conhecer em 2021. Claro que existem muitas pessoas incríveis produzindo quadrinhos em nosso país, então vou adorar indicações nos comentários!

Bennê Oliveira

Imagem: Instagram/Bennê Oliveira

Bennê é uma ilustradora e quadrinista de Recife, Pernambuco. Entre suas diversas temáticas, discute em seus traços o racismo e a negritude no Brasil. Criadora da série de tirinhas no Instagram “Leve Mente Insana”, onde publica suas histórias semanalmente. Também é autora da HQ Mares.

Recomendo muito que siga a artista em @leve.mente.insana

Diana Salu

Imagem: Instagram/Diana Salu

Segundo informações da Casa 1, Diana é artista, designer, publicadora, produtora, travesti e sapatão. Graduada em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília, foi cofundadora da MÊS, editora independente de Brasília com foco em quadrinhos, artes visuais e literatura. Publicou os trabalhos em histórias em quadrinhos de sua autoria: “Maré – ou pequenos barcos não devem se afastar demais da margem” (2017, MÊS Editora); “Barragem” (2018, Edição da Autora); “Cartas para Ninguém” (2019, Padê Editorial), dentro muitos outros projetos e publicações. Participou com a história “Lama” da antologia “Segunda-feira eu paro” (2019) e estará presente na coletânea “Quadrinhos Queer”. Seu livro “Cartas Para Ninguém” traz recortes sobre suas vivências com a transgeneridade e a lesbiandade em uma linguagem híbrida entre poesia, histórias em quadrinhos e desenhos.

Você pode conhecer e prestigiar o trabalho da Diana em seu Instagram: @diana.salu

Marília Marz

Imagem: Instagram/Marília Marz

Marília é quadrinista e ilustradora, nascida em São Paulo. Segundo a artista, seja através de ilustrações ou histórias em quadrinhos, ela acredita que a vontade por trás de cada linha traçada é capaz de mudar, mesmo que só um pouquinho, nós mesmos e o mundo a nossa volta. É autora de Indivisível, HQ publicada pela Conrad e que explora e discute a cultura negra e leste asiática presentes no bairro da Liberdade, em São Paulo, mostrando como antigamente ele era ocupado por escravos do século XIX e agora ele é muito conhecido como o bairro da colônia oriental. 

A Marília está no Instagram: @mariliamarz

Mari Santtos

quadrinistas
Imagem: Instagram/Mari Santtos

A Mari é artista plástica, ilustradora e quadrinista, nascida e criada na cidade de São Paulo. Em 2015 roteirizou e desenhou seu primeiro quadrinho A Máscara de Togi, abordando bullying nas escolas. Em 2016, em conjunto como Estúdio Gota de Areia, criou sua própria série de tirinhas autobiográficas, Toda Mari, contando seu cotidiano e eventos singulares de forma cômica. Em 2017 lançou o zine Mari Stories com contos autorais incluindo A garota Ruiva. Em 2018, desenvolveu uma série autoral de intervenções digitais em obras clássicas da história da arte. No mesmo ano, participou em conjunto com 12 mulheres, roteiristas e quadrinistas, no projeto Gibi de Menininha, idealizado por Germana Viana. Em 2019, lançou dois novos títulos de quadrinhos Sussurro ao Mar abordando sobre depressão e O Coelhinho Militudo que aborda temas culturais, sociais e políticos. Em 2020 iniciou uma parceiria para ilustrar o quadrinho O Último Jogo idealizado e escrito pela artista, quadrinista Renata C L Bzz, lançado no mesmo ano.

Siga: @mari_santtos

Talessak

quadrinistas
Imagem: Instagram/Talessak

Em seu site, Talessak se descreve como artista visual, roteirista, desenhista e ilustradora. Além de publicações infantis, produz animações clássicas e histórias em quadrinhos. Em 2011, na Semana de Arte e Cultura da USP, lançou Yayá, seu primeiro desenho animado independente, que faz parte do acervo da Casa de Dona Yayá (CPC-USP). É autora das HQs independentes Memories, série de quatro volumes, indicada ao 31˚ prêmio HQMIX, em 2019, na categoria Minissérie; Cinco Vermelhos, indicada ao 35º Troféu Angelo Agostini, na categoria Melhor desenhista, em 2019; Minski – volumes I, II e III; Olho Verde e Caminhos da Bruma, lançada pela Editora Noir; entre outras publicações. Sua graphic novel Sobre Trilhos é resultado de projeto contemplado pelo Edital de 2018 do PROAC, do Governo do Estado de São Paulo. Participou também de coletâneas como Visões de guerra (2016), da IHQ Editora; Vertigo – Além do limiar (2018), do Guia das Quadrinhos e Gibi de Menininha (2018), da Zarabatana Editora, vencedora do 31º troféu HQMIX, em 2019.

É dona de um traço delicado e forte, que dá vida a histórias de terror, drama e aventura! Então vale muito a pena segui-la no Instagram: @talessak


Imagem de capa: Mari Santtos


Leia mais: “Gente negra já fez alguma coisa importante?” Questão ecoa em ótima HQ

Imagem padrão
Bruna Bengozi
Bruna é mestre em História pela USP e graduanda em Letras pela Univesp. Redescobriu (e redescobre) o amor pelos livros, pela música e pela vida. Aguarda ansiosamente a queda do capitalismo e do patriarcado. Sofre de "síndrome da impostora".

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário