Palmares

Palmares: ficção histórica retrata resistência à escravatura

Obra de estreia do mineiro Víktor Waewell, especializado em ficção histórica, retrata grandes expedições contra um dos maiores símbolos de resistência à escravatura no Brasil.

Depois que os invasores holandeses foram expulsos do nordeste, a guerra foi direcionada para a região dos Palmares. Este é o ponto de partida da ficção histórica do escritor Víktor Waewell. Novo Mundo em Chamas conta a história do sargento Ernesto, personagem que junto com todos da expedição tinha o objetivo de recapturar milhares de escravos e dominar o território.

Narrado em terceira pessoa, cada capítulo se alterna com o ponto de vista de uns dos protagonistas. Ao misturar personagens fictícios com figuras históricas, Víktor enriquece a produção ambientada em Recife, Maceió, Porto Calvo e União dos Palmares.

Negro nascido livre, filho de uma ex escrava e português, Ernesto é enviado a Palmares para traçar a rota de ataque para o exército dos senhores, acompanhado de um índio como guia. Porém, no caminho, ele se depara com um mundo desconhecido quando encontra Diara, uma bela guerreira disposta a morrer pela liberdade. O protagonista se vê entre o dilema de escolher entre Palmares, que é a sua grande causa, ou os laços familiares.

Um fenômeno best-seller

Viktor Waewell impressiona com a reconstituição do momento histórico. O primoroso trabalho de pesquisa foi revisado e atestado pelas historiadoras Náuplia Lopes e Mayra Melo, para garantir um enredo fidedigno ao vivido na região dos Palmares.

Considerada um fenômeno best-seller da Amazon, a obra conta com mais de 150 avaliações na plataforma, todas voluntárias e espontâneas, e está entre os mais vendidos da categoria desde a segunda semana do lançamentotrailer no YouTube, com mais de 17 mil visualizações, também demonstra a grande popularidade da obra.

Ficha técnica:

Palmares

Título: Novo Mundo em Chamas
Autor: Víktor Waewell
ISBN: 978-65-00-10177-5
Páginas: 420
Formato: 23,3 x 16,6 cm
Link de venda: 
https://amzn.to/2PkcLc8

Sinopse: 

Batalhas sangrentas, os amores e as agruras, com negros fugidos no mato, um exército dos fidalgos e índios que comem gente, neste épico histórico arrebatador, por uma das novas vozes da literatura brasileira contemporânea.

Quando fidalgos expulsam os invasores holandeses do Nordeste, sua máquina de guerra volta-se para o interior, para a grande região de Palmares, lar de povoações fortificadas dos negros e de tribos selvagens remanescentes. O objetivo dos senhores: recapturar milhares de escravos e dominar o território.

O competente sargento Ernesto, negro nascido livre, filho de uma ex-escrava e um português, é o enviado para traçar a rota de ataque para o exército dos senhores, acompanhado de um índio como guia.

Porém, no caminho, Ernesto irá se deparar com um mundo desconhecido por ele. A mata de Palmares é pontilhada por pequenas e grandes vilas, gente trabalhando a terra, as grandes malocas sobressaindo-se na mata. Ele vai conhecer Diara, uma bela guerreira disposta a morrer pela liberdade. E vai se deslumbrar com os topos dos morros rodeados por muros e torres defensivas, fortalezas protegidas por guerreiros pretos.

Agora Ernesto terá que decidir de que lado lutar no embate iminente: a batalha pelo destino de Palmares e do Brasil.

Ao mesmo tempo, Teresa, mucama de um poderoso fidalgo, vai enfrentar violências, com uma força que aprende a conhecer, para um papel decisivo na trama.

Você vai vivenciar esta jornada, os heróis e os vilões, entre soldados e guerreiros, capitães do mato, negros que buscam vingança, rainhas pretas, escravas de casa e poderosos fidalgos. Uma aventura eletrizante no estilo “não consigo parar de ler”.

Sobre o autor: 

Palmares

Jornalista, roteirista, diretor de vídeo e escritor, Víktor Waewell é natural de Sete Lagoas, Minas Gerais.

Redes Sociais:  

Opiniões/falas de historiadores:

“O autor impressiona com o cuidado em pesquisar o quilombo e todo o momento histórico, permitindo uma viagem no tempo. Mesmo rico em informações, tem uma leitura fácil e interessante, para todos os públicos.”

Mayra Melo, historiadora.

“Um primoroso trabalho de pesquisa e de escrita. Os personagens são inseridos de forma assertiva e bem elaborada.”

Náuplia Lopes, historiadora.

Leia mais >> Caminhos para superar o racismo estrutural

Imagem padrão
Redação
Trazemos para nossos leitores todo o universo da leitura e das artes em geral, com dicas, notícias, opiniões e informações para incentivar antigos, novos e futuros leitores. Escreva para nós: contato@livroecafe.com

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário