in memoriam

In memoriam

Sinto uma dor no peito
Uma sensação de engasgo
Dizem que pode ser coluna, estômago ou infarto
Eu só penso que podem ser os restos mortais
De todas as perdas que habitam em mim
Das ausências ausências
Das ausências presentes
Em mais um story no Instagram
Espectros rondando à luz do dia para lembrar
Que tudo está morrendo
Que eu estou morrendo

Será que já sou um cadáver na vida de alguém?

BB, 17 de maio de 2021.

in memoriam
“Hotel Room” (1931), de Edward Hopper
Óleo sob tela, 152.4 x 165.7 cm.
Museo Nacional Thyssen-Bornemisza, Madrid

Leia mais >> 11 escritoras de Sorocaba para conhecer e prestigiar

Imagem padrão
Bruna Bengozi
Bruna é mestre em História pela USP e graduanda em Letras pela Univesp. Redescobriu (e redescobre) o amor pelos livros, pela música e pela vida. Aguarda ansiosamente a queda do capitalismo e do patriarcado. Sofre de "síndrome da impostora".

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário