Um Estudo em Vermelho (Sir Arthur Conan Doyle): o primeiro livro sobre Sherlock Holmes

Um Estudo em Vermelho é o primeiro livro sobre o detetive Sherlock Holmes. De autoria de Sir Arthur Conan Doyle, inicialmente foi publicado em uma revista inglesa no século XIX. Já nesta primeira obra, Sherlock Holmes conhece Dr. Watson, que aliás é o narrador do romance policial. Watson era um médico do exército que foi ferido em combate e por isso, enviado a Londres para se recuperar. Chegando lá, tenta alugar um quarto e um amigo em comum, lhe apresenta a Sherlock Holmes, que parece ter um quarto vazio para oferecer.

Um estudo em vermelho - Sherlock Holmes - Sir Arthur Conan Doyle

Curiosidades:

  • O livro cita o endereço onde os dois ficam instalados como sendo localizado em 221B Baker Street, Londres, que se tornou uma das ruas mais famosas da Literatura.
  • Baker Street realmente existia e na época em que Um Estudo em Vermelho foi lançado, fazia parte de um bairro residencial de classe alta em Londres, mas suas construções ainda não chegavam ao número 221, por tanto o endereço era fictício mas, mesmo muito tempo depois, quando ele passou a existir, leitores mandavam cartas endereçadas ao detetive como se ele realmente existisse.
  • Dizem que a Abbey National Building Society, que passou a ocupar o número, chegou a colocar uma secretária, em tempo integral respondendo as cartas. Hoje o endereço pertence a um museu dedicado a Sherlock Holmes.

Um sujeito esquisito e genial

Dr. Watson passa a conviver de perto com Sherlock Holmes e fica muito intrigado com seu jeito esquisito e ao mesmo tempo genial. Então, acontece um crime e a Scotland Yard, como de costume, chama Holmes para ajudar a desvendar um mistério que parece insolúvel: um homem foi encontrado morto durante a madrugada, em uma casa desabitada, sem ferimentos e sem manchas de sangue ao redor a não ser por uma palavra que foi escrita com sangue na parede: “Rache”.

Eu adorei o livro e achei que ele foi escrito de uma forma brilhante, digna do raciocínio do protagonista. A história é dividida em duas partes, a primeira se passa em Londres, com Holmes e Wastson se conhecendo e investigando o crime. Na segunda parte, o autor volta no tempo e o cenário passa a ser a região que um dia seria o “Velho Oeste americano”, para contar como toda a história que aconteceu com os envolvidos, antes do crime se desenrolou e influenciou os acontecimentos seguintes. Mas é claro que Holmes sabia de tudo o tempo todo, “elementar”!

CONHEÇA: 50 livros policiais para ler antes de morrer

É um livro delicioso de ler, que prende a gente na trama misteriosa e inteligente, que faz a gente prometer que vai parar, vai ler só mais um capítulo, sem conseguir. Por causa disso, li muito rápido e quando acabou fiquei querendo mais histórias de Holmes.

Foto: bigthink.com

Onde Comprar Um Estudo em Vermelho: Amazon

Imagem padrão
Erika Saab
Erika Saab é Psicóloga, Pós-graduanda em Terapia Cognitiva Comportamental, com formação em Personal & Professional Coaching. Atua como psicoterapeuta, coach e facilitadora de grupos femininos. No Livroterapia, compartilha impressões de suas leituras e dá dicas de livros que possam ser ferramentas de desenvolvimento pessoal.
Artigos: 21

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

5 comentários

  1. Esse ano resolvi ler todas as histórias de Sherlock Holmes. Estou no aguardo de “Um estudo em vermelho” e “As aventuras de Sherlock Holmes”. E está demorando demais! Já fui na portaria várias vezes e nada dos livros. Creio que seja por conta da edição da Zahar, porque nunca demorei tanto para receber livros do submarino.
    =/
    #chegalogo #ansiosa

    Beijos!

Deixe um comentário