Quarentena e educação: 10 ferramentas digitais para professores

Dez dicas de ferramentas digitais para professores dominarem as aulas a distância durante a quarentena por causa do coronavírus

A pandemia de Covid-19 tem escancarado todas as mazelas da nossa sociedade, assim como lançado questões especialmente em torno da organização do trabalho. Neste sentido, uma das áreas mais afetadas tem sido a da Educação, e a atuação de professores ganhou um novo desafio: lecionar a distância.

Claro que as instituições de Educação a Distância, as EADs, já são uma realidade no contexto educacional, especialmente no nível do Ensino Superior, mas como adotar essa metodologia para crianças e jovens, que estão em isolamento ou quarentena?

Muitos profissionais estão se debatendo sobre o assunto e, também, com os desafios tecnológicos. Por isso, trouxemos neste post uma lista com ferramentas digitais para professores que podem auxiliar nos trabalhos docentes durante este período – e até depois.

1. GoConqr

O objetivo desta plataforma é criar uma melhor experiência de aprendizagem ativa, permitindo o acesso a inovações digitais para professores, estudantes e profissionais. Ela disponibiliza materiais interessantes para trabalhar em sala, como mapas mentais, flashcards, quizzes e slides. E se você preferir usar recursos prontos, opções não vão faltar. A ferramenta possui uma biblioteca com 9 milhões de materiais criados pelos membros, e eles podem ser usados de forma gratuita! E sabe o que mais dá para fazer por lá? Acompanhar o progresso do aprendizado dos estudantes, analisando o resultado obtido com cada recurso.

2. Escola Digital

Esta é uma plataforma gratuita de busca que oferece a professores, gestores e redes de ensino mais de 30 mil recursos digitais de aprendizagem, que proporcionam interatividade, dinamismo e inovação às práticas pedagógicas! O acesso é gratuito e a navegação é muito simples: é possível encontrar o que procura mais rapidamente digitando uma palavra chave no campo de busca ou utilizando os filtros – por disciplina, ano ou tipo de mídia. Além disso, você pode se cadastrar para aproveitar todos os recursos de interação e criação, além de participar do curso a distância disponível gratuitamente para professores e gestores escolares.

Leia mais: 11 livros para ler durante a quarentena pelo Covid-19

3. Trello 

Esta é uma ótima ferramenta para organizar as atividades! No Trello, é possível criar cards com tarefas, colocar prazos de entrega, fazer checklists de etapas do trabalho, anexar arquivos, colocar etiquetas com o status da atividade e adicionar membros. E na plataforma, você pode ter um board só para as suas atividades e outros para cada uma das suas turmas. Neles você conseguirá, por exemplo, administrar trabalhos em grupo, interdisciplinares e quaisquer outras entregas que os alunos tenham que fazer. Tudo organizado para você e para os estudantes!


4. Coggle

Sabe aqueles fluxogramas, gráficos e diagramas que muitas vezes são usados para esquematizar as informações? É possível criá-los de forma bem prática usando o Coggle. É tão fácil que até a elaboração de estruturas complexas é feita de maneira bem simples e intuitiva. Os esquemas visuais podem ser construídos para praticamente qualquer coisa, e fornecem um bom material para todas as disciplinas. Além disso, também podem ser compartilhados com os alunos, para que eles consigam rever o conteúdo em casa e estudar para provas. Existe plano gratuito, porém limitado, e outros pagos.

5. G-Suite

É um pacote de serviços e aplicativos do Google disponíveis para qualquer professor ou aluno que tenha uma conta no Gmail. São ferramentas e recursos que permitem o uso de metodologias ativas e colaborativas em sala de aula. Dá, por exemplo, para editar documentos online e projetos em conjunto, registrando cada percurso e interação.

6. Google Sala de Aula

Essa plataforma permite gerenciar atividades, avaliações e conteúdos, como uma sala de aula virtual. Basta criar a classe, adicionar os alunos por e-mail e elaborar tarefas. Dá para anexar links, arquivos, gerar prazos, enviar e receber os trabalhos. O Sala de Aula é gratuito para as escolas e inclui uma inscrição para o G Suite for Education. Como todas as ferramentas do Google for Education, o Sala de Aula atende a altos padrões de segurança.

Leia mais: Os 15 melhores livros de pedagogia que todo professor precisa ler

7. KineMaster

Precisa gravar videoaulas com recursos interativos para os seus alunos e não sabe como  criá-los e editá-los? O KineMaster é um editor de vídeo cheio de recursos para Android e tem ferramentas poderosas que são fáceis de usar, como camadas de vídeo, modos de mesclagem, dublagens, chroma key, controle de velocidade, transições, legendas, efeitos especiais, e muito mais! Depois, é só compartilhar no YouTube, Facebook, Dropbox e mais. O KineMaster e todas as suas ferramentas de edição são gratuitas. Isso inclui também exportação ilimitada em resoluções até 4k. Assinando o KineMaster Premium, você remove a marca d’água, desbloqueia predefinições de ferramentas profissionais e ganha acesso à mais de mil recursos Premium na Loja de Recursos KineMaster.

8. InShot

InShot é outro editor profissional de vídeo e fotos gratuito para o Youtube, Tik Tok, Whatsapp, Instagram etc.! Fácil, completo e divertido, você pode facilmente usar a ferramenta para fazer vídeo com música e fotos, recortar a gravação, desfocar o fundo, adicionar texto e adesivos em vídeo, e muito mais.  Apesar de ser em inglês, ele é super intuitivo e não tem dificuldade alguma em seu uso.

9. Bulbapp

É uma plataforma simples e eficiente para professores e alunos. É possível enviar arquivos em diversos formatos, que ficam organizados em páginas e coleções. O professor, por exemplo, pode montar várias coleções por assunto e cada página terá um conteúdo específico, como textos, fotos, vídeos, áudios etc. A versão gratuita é bem funcional e útil!

10. Loom

Entre essas ferramentas digitais para professores, o Loom é muito prático para gravar suas telas. Se você, por exemplo, precisa produzir um arquivo no Word e quer que os alunos vejam a sua produção enquanto você explica, o Loom pode trazer um bom resultado. A plataforma é simples, pode ser baixado no computador e também é possível usar a versão para o Chrome.

Dica: precisa postar seu vídeo no YouTube, mas quer que ele seja visualizado apenas pelos seus alunos? O site tem uma função chamada “não listado”; desta forma, os vídeos enviados serão exibidos apenas para quem os professores enviarem os links. É um ótimo recurso para manter os materiais apenas para os integrantes de uma turma, ou uma escola.

Conhece outras ferramentas digitais para professores? Não deixe de indicar nos comentários! E você, professor ou professora, como está trabalhando com os seus alunos neste momento?

* Post escrito com a colaboração de Francine Ramos.


Default image
Bruna Bengozi
Bruna é mestra em História pela USP, redescobriu (e redescobre) o amor pelos livros, pela música e pela vida. Aguarda ansiosamente a queda do capitalismo e do patriarcado. Sofre de "síndrome do impostor".

1 comentário

  1. […] CONHEÇA: Quarentena e educação: 10 ferramentas digitais para professores […]

Deixe um comentário