Tudo que já nadei – ressaca, quebra-mar e marolinhas (Letrux): prosa e poesia sobre o mar

Letícia Novaes, mais conhecida como Letrux, é escritora, cantora e atriz. Publicou o livro “Tudo que já nadei: ressaca, quebra-mar e marolinhas” em 2021 pela editora Planeta. A obra, organizada em 3 partes – 1 com prosa e 2 com poesias, é um relato íntimo sobre a relação da autora com o mar.

“Tudo que já nadei: ressaca, quebra-mar e marolinhas” começa com um mergulho doloroso em seu passado, em que o acontecimento principal está relacionado com o mar. E esse mar, a água, o mergulho vai aparecer nos outro textos do livro. Na primeira parte, o leitor irá encontrar pequenas prosas sobre a relação da autora com o mar, sua necessidade de mergulho em meio ao próprio cotidiano, da vida antes, durante e depois da pandemia. Já na segunda e na terceira parte, Letrux traz pequenas brincadeiras com as palavras em formato de poesia.

Letrux tem um domínio permanente em sua escrita. Suas linhas são simples, mas carregadas de significados. Ela dança, brinca com as palavras e traz o leitor para junto desse mergulho.

Para os, como ela, apaixonados pelo mar, sem dúvidas a leitura ganhará mais sentido ainda. Para aqueles que vivem longe do mar e até mesmo não gostam de se aventurar em águas profundas, acontecerá uma aproximação muito bonita, pois a autora vai se revelando em momentos da vida comum, como ir ao banco, caminhar na calçada, relembrar dos tempos de escola, admirar a lua.

Ao final da leitura, é possível compreender mais as nuances da vida e da ausência dela. Dá para observar como a vida externa – dos outros e das coisas que acontecem – se entrelaçam em uma única pessoa e transforma o meio íntimo e o olhar diante do mundo.

Sobre a autora

Cantora, compositora, atriz, escritora e poeta, Letícia publicou o livro Zaralha – abri minha pasta em 2015. Ainda em seus percursos literários, apresentou o show Línguas e Poesias, declamando poetas a quem sempre teve devoção. Foi colunista de O Globo, no “Segundo Caderno”, e atualmente assina uma coluna mensal no revista Gama (Nexo). Alerta e sensível às questões de nosso tempo, Letícia acompanha e apoia causas como o feminismo e as lutas pela igualdade de gêneros e contra o racismo e a homofobia, entre outros temas, sobretudo os ligados aos direitos humanos.

No vídeo abaixo a própria autora comenta sobre o livro:

Dica: 10 escritores brasileiros contemporâneos para conhecer já

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *