Educação,  Listas

Como ler para crianças em 9 dicas infalíveis!

Ler para crianças é um caminho sem volta! Se você tem filhos, sobrinhos, primos ou irmãos inseridos nesse universo tão rico chamado infância saiba que ler para eles é um dos atos mais bonitos que você pode fazer!

A partir de minha experiência como professora, elaborei 9 dicas infalíveis de como ler para crianças pensando em todas as pessoas que convivem com os pequenos, ou seja, você não precisa ser uma profissional em literatura para ler para crianças. Entre todas essas dicas, há uma certeza: ao ler para crianças você descobrirá muita coisa sobre o encantamento que um bom livro pode causar e também irá aprender muito mais que ensinar.

Confira o vídeo com as dicas no canal Livro&Café ou leia abaixo.

1.) Seja um leitor

As crianças aprendem pela observação. Se elas convivem com leitores, também irão se interessar pelos livros. Então, há uma pergunta básica para se fazer: na sua rotina tem leitura? Se a resposta for negativa, mude isso!

2.) Uma capa é todo um universo!

Antes de iniciar a leitura, observe a capa, pergunte para a criança o que ela acha que vai acontecer na história a partir da capa. Cada detalhe, cada elemento da ilustração já pode despertar o desejo em querer saber mais sobre o livro. Capriche nesse momento!

3.) O livro como um objeto artístico e a pergunta: valorização do autor

É interessante a criança saber o que há por traz do livro. Quem é o autor? O que um autor faz? Onde ele vive? Como ele é? Isso ajuda a criança a perceber que o objeto artístico que ela tem em mãos é fruto do trabalho de outras pessoas e assim, ela pode perceber que ela mesma também pode escrever suas histórias.

Nesse momento não é necessário se aprofundar muito sobre o autor, mas é importante ela saber da existência de alguém por trás daquilo que ela irá ler.

Está gostando dessas dicas de como ler para crianças? Conheça: A cortina da babá Lugton: Virginia Woolf para crianças

4.) A leitura é ritmo

Leitura é ritmo. Ler em voz alta é uma arte. Então, encontre o ritmo do livro e saboreie cada palavra lida. Com certeza essa ação será agregadora para o ato de ouvir da criança. Capriche!

5.) As pausas durante a leitura

Nada de sair em disparado e ler o livro do começo ao fim! Faça pausas durante a leitura! Isso é essencial para essa “degustação” do livro. Para a criança fazer perguntas e comentários sobre o que ela está percebendo em relação ao livro. E algo muito essencial em como ler para crianças: deixe ela falar e escute. Não há certo e errado.

6.) A retomada dos acontecimento

Uma boa história é feita de vários acontecimentos que se entrelaçam. Então, é importante fazer também essa retomada para que a criança perceba que um acontecimento só faz sentido por conta do anterior. E, assim, ela vai relacionando os fatos e sentindo o caminho percorrido. E lembre-se: nada de teorizar, de usar uma nomenclatura literária… deixe a criança falar e se comunicar de acordo com a forma que ela entendeu. E use essa forma para construir a conversa sobre o livro.

Está gostando dessas dicas de como ler para crianças? Conheça 19 poemas curtos para crianças

7.) Um lugar adequado

É claro! Um lugar adequado para ler para crianças é fundamental! Não precisa ser um super lugar! Mas um espaço aconchegante e sem distrações (televisão, celular, tablet etc…). Pense também em um objeto que pode representar o momento de leitura, como uma almofado, um pufe…

8.) Estar aberto ao universo da criança

As crianças possuem todo um universo que precisa ser respeitado. Então, não adianta colocá-la em uma cadeira e pedir para que ela te escute. É preciso, então, estar atento ao universo dela. Dê o tempo que ela precisar, caminhe no universo dela e não ao contrário! Por exemplo: se ela quiser ler apenas 4 linhas tá tudo certo! Apenas construa essa ponte para o universo dela, mesmo que seja aos poucos.

9.) Criar conexões!

Ler e entender é fazer conexões! Relacione, junto da criança, algum outro livro que tenha o mesmo tema. Algum filme que contenha um cenário parecido etc… E também conecte o livro com a sua própria vida e da criança. As conexões que podemos fazer em relação às ações da personagem colaboram muito para o sentido da empatia, de se colocar no lugar do outro e isso é algo muito poderoso que os livros podem fazer pelas crianças e por você também!

Imagem em destaque: Public Domain