Virginia Woolf por Vita Sackeville-West

Compartilhe:

Virginia Woolf não gera fascínio somente nos dias hoje e entre seus leitores. Em vida ela já causava um certo impacto por onde passava e, principalmente nas pessoas que a conheciam. Abaixo um trecho da biografia “As mulheres de Virginia Woolf”, que mostra uma carta de Vita Sackeville-West, uma das mulheres mais importantes na vida de Virginia, para Harold, que foi marido de Vita.

A Sra. Woolf é tão simples; ela dá a impressão de algo grandioso. Ela é completamente natural: não usa quaisquer adornos externos – e se veste bastante mal. Em princípio, você pensa que ela é modesta; então, uma espécie de beleza espiritual se impõe a você, e você descobre uma fascinação em observá-la. Ela estava elegante na noite passada; ou seja, as meias de lã laranja foram substituídas por meias de seda amarela, mas ela ainda usou os escarpins. Ela é ao mesmo tempo desapaixonada e humana, silenciosa até mostrar que quer dizer algo, e então o faz supremamente bem. Ela é bastante velha (quarenta). Raramente fiquei tão encantada por alguém antes, e acho que ela gosta de mim. Pelo menos, ela me convidou a Richmond, onde mora. Querido, quase perdi meu coração.

As Mulheres de Virginia Woolf, Vanessa Curtis, tradução de Tuca Magalhães. pág. 178. Editora A Girafa

Compartilhe:

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário