Cai o Pano (Agatha Christie): o último caso de Hercule Poirot

Agatha Christie, a rainha do crime, que escreveu mais de 80 livros sobre assassinatos, colocou em evidência dois personagens muito marcantes na história dos detetives literários, um deles é Hercule Poirot, que em “Caio o Pano” (publicado em 1975) desvenda o crime mais difícil de sua carreira.

No entanto, com uma idade muito avançada, deixa um dos seus melhores amigos – e companheiro de trabalho, preocupados com a sua saúde física, pois a mente continua funcionando muito bem, as células cinzentas continuam perfeitas! Entretanto, imaginar um dos maiores detetives do mundo numa cadeira de rodas, respiração fraca e cabelos brancos, deixa qualquer um comovido.

Cai o pano é sobre uma volta ao passado de Poirot

Neste livro, Hercule Poirot está no mesmo lugar em que desvendou o seu primeiro caso de assassinato, há muito tempo atrás. E a sua presença no local se dá porque ele tem certeza que um novo crime será cometido ali. Então, após se instalar num dos quartos da casa, que se tornou um hotel (decadente e mal administrado) ele chama Arthur Hastings, que também é o narrador da história e um grande amigo.

Diferente dos outros livros, em que o detetive é chamado após o crime acontecer, Poirot, que possui um dossiê de 5 casos de pessoas que cometeram suicídio ou assassinato, sabe que esses crimes estranhos foram, na verdade, cometidos por uma única pessoa, que está no hotel e que ele, para finalizar a sua trajetória como detetive, decide desvendar. Então, ele sabe quem é o assassino, mas ele precisa provar.

Poirot nunca desiste!

Hercule Poirot, então, tão debilitado fisicamente, transforma Hastings, em seus olhos e pernas, para descobrir sobre cada pessoa que está no hotel, para frequentar todos os espaços sociais do local e, claro, tirar pequenos detalhes e segredos das pessoas que estão no Hotel Styles. Os donos é um casal, Toby e Daisy Luttrell, que é muito brava com o seu marido, tratando-o muito mal até na presença dos hóspedes.

A filha de Hasting, Judith, também está no hotel, pois ela trabalha para um médico que possui um laboratório por ali. O médico, John Franklin, também está no hotel, junto com a sua mulher, Barbara, que reclama muito da vida, mas tem momentos de felicidade, inquietação, raiva e admiração pelo marido.

cai o pano
Compre Cai o pano na Amazon

Outros personagens estão presentes, como um senhor, que sempre está com um binóculo observando os pássaros, chamado de Stephen Norton. Uma moça muito infeliz chamada Elizabeth Cole. Curtis, o criado particular de Hercule Poirot. Srta. Craven, enfermeira da Sra. Franklin e George, E George, o ex criado de Poirot.

Com tantas pessoas convivendo no mesmo hotel, aos poucos, o leitor e Poirot vão descobrir as relações “secretas” entre elas, e com muito cuidado para não provocar a morte de mais ninguém. Poirot caminha com muita convicção para chegar até o seu último criminoso.

Vale a pena ler Cai o pano?

Para quem nunca leu nada de Agatha Christie, talvez seja interessante conhecer os outros livros da autora, pois assim será possível aprender mais sobre a peculiar mente de um dos detetives mais importante da literatura, juntamente com o brilhantismo de Agatha Christie. E quando a leitura chegar perto do final, o leitor vai sentir saudade do detetive e também da escritora, que morreu, para a nossa enorme tristeza, meses depois de escrever o último caso de Hercule Poirot.

Conheça alguns outros livros da autora:

Veja o vídeo no canal Livro & Café:

Onde comprar Cai o Pano: Amazon

1 comentário

  1. Super fã de leitura, Agatha Christie e Poirot. Chorei muito quando li Cai o Pano,

Comentários desativados