A arte do romance (Milan Kundera): buscando uma certa leveza

Compartilhe:

A arte do romance é um livro de ensaios escrito por Milan Kundera, escritor do famoso “A insustentável leveza do ser”. Indicado para quem se interessa pelo universo da literatura, do ponto de vista da construção literária. Se você, leitor, que também deseja ou apenas namora a possibilidade de escrever um romance, as ideias de Kundera podem ser úteis em diversos aspectos.

A arte do romance

É com base em escritores clássicos (todos homens, uma pena) que ele desenvolve um pensamento sobre a força de um romance, no sentido de poder condensar a existência humana. Segundo ele, a filosofia, por diversos motivos, acaba ficando distante do exercício de compreender a nossa existência e nos romances é que está a verdadeira essência das coisas.

“O romance não é uma confissão do autor, mas uma exploração do que é a vida humana, na armadilha que se transformou o mundo” (p. 35)

Leia também: A imortalidade (Milan Kundera)

Dos autores e livros citados, acredito que o leitor irá aproveitar mais as ideias se ler as obras. No meu caso, consegui estar mais atenta às reflexões do autor sobre os romances de Franz Kafka. Ele realmente esclarece pontos importantes da obra kafkaniana e consegue levantar pontos que, até então, eu não havia notado, como a simples representação do escritório:

“O mundo segundo Kafka: o universo burocratizado. O escritório não como um fenômeno social entre outros, mas como a essência do mundo” (p.56)

Então, esses detalhes captados pelo olhar atento e maduro de Milan Kundera é uma bela conversa – no mínimo, e uma grande aula sobre os caminhos que os grandes autores já seguiram e o que podemos seguir se desejamos estudar a literatura.

Onde comprar A arte do romance
(Milan Kundera): Amazon

Compartilhe:

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

Deixe um comentário