Os 40 livros mais assustadores de todos os tempos

Compartilhe:

Uma lista eclética com os 40 livros mais assustadores de todos os tempos!

Em clima de Dia Das Bruxas, Halloween e tudo que vem junto com o mundo dos livros de terror, merecemos uma lista com os livros mais assustadores de todos os tempos. Da lista, vários eu li, alguns pesquisei em outros sites e vários, inclusive, eu não tinha parado para pensar que poderiam estar na lista de livros de terror, pois, naturalmente, eu relacionava histórias de terror com o sobrenatural (fantasmas, espíritos, bruxas, vampiros, etc). Engano meu, pois há também muito terror em dramas psicológicos e até mesmo em livros que se baseiam em histórias reais. Como dizem por aí, dá mais medo de gente viva que morta.

A lista não repete autores e também não está na ordem decrescente de medo. Afinal, cada um tem o seu. Secreto; misterioso; assustador.

1. A Coisa (It), Stephen King

Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e… do medo. O mais profundo e tenebroso medo… entre os livros mais assustadores, esse já é um clássico! + Amazon

2. Menina má (William March)

Nascemos todos inocentes e somos corrompidos pelo mundo à nossa volta? Ou será a maldade uma espécie de semente que carregamos dentro de nós, capaz de brotar mesmo na mais adorável das crianças? No livro Menina Má o leitor poderá conhecer uma criança que… + AMAZON

3. O exorcista, William Peter Blatty

Quatro décadas após chocar o mundo inteiro, a obra de terror de William Peter Blatty permanece uma metáfora moderna do combate entre a fé e o profano na forma de um dos romances mais macabros já escritos… Um clássico do cinema também está entre os livros mais assustadores. Uma obra que mudou a cultura pop para sempre, O exorcista é o livro que deu origem ao maior filme de terror do século XX. + Amazon

4. O jardim de cimento (Ian McEwan)

Mesclando elementos da tradição gótica inglesa a um enredo sem qualquer tipo de devaneio lírico, o autor constrói uma experiência literária áspera e visceral: após a morte dos pais, quatro crianças encerram-se no minúsculo mundo do lar, entregando-se a todo tipo de sensações e descobertas bizarras. Com o tempo, passam a mimetizar os papéis dos adultos ausentes, criando uma nova estrutura familiar que desaba quando a irmã mais velha leva um estranho ao núcleo fraterno. É só o começo de um inferno existencial para o qual não haverá saída. COMPRE NA AMAZON

Leia a resenha

5. Frankestein (Mary Shelley)

O livro é um marco do romance gótico, verdadeiro ícone do terror e influência fundamental para o surgimento da ficção científica. A criatura de Frankenstein é considerada o primeiro mito dos tempos modernos. Para compor sua bem-sucedida experiência literária, Shelley costurou influências diversas, que vão do livro do Gênesis a Paraíso Perdido, da Grécia Antiga ao Iluminismo. Um clássico é um clássico, por isso está nesta lista de livros mais assustadores… COMPRE NA AMAZON

Frankenstein (Mary Shelley): um livro que ainda surpreende

6. A Casa Infernal, Richard Matheson

Por mais de vinte anos a Mansão Belasco permaneceu vazia. Tida como o Monte Everest das casas mal-assombradas, essa construção de aspecto imponente e sinistro testemunhou cenas inconcebíveis de horror e depravação… + Amazon

a_casa_infernal

7. Dracula, Bram Stoker

Quando um agente imobiliário ajuda um conde a comprar uma propriedade em Londres, não poderia imaginar o mal que estava levando ao Ocidente… o que está em jogo vai além da luta entre a vida e a morte… COMPRE NA AMAZON

8. O Conto da Aia, de Margaret Atwood

Uma realidade terrível, mas o ser humano é capaz de se adaptar a tudo. Com essa história, Margaret Atwood leva o leitor a refletir sobre liberdade, direitos civis, poder, a fragilidade do mundo tal qual o conhecemos, o futuro e, principalmente, o presente… COMPRE NA AMAZON

9. Os melhores contos de H. P. Lovecraft

Lovecraft é o inventor de uma ‘atmosfera lovecraftiana’ em que o horror reside na impossibilidade de sua apreensão… Com enredos muitas vezes inspirados por seus constantes pesadelos, a obra de Lovecraft é marcada pelo simbolismo e encerra a visão de que o universo é sem sentido e indiferente ao sofrimento humano e de que o homem é insignificante diante do poder do imenso e desconhecido universo cósmico… LEIA a resenha: A fera na caverna (H.P. Lovecraft): um conto sobre o escuro

10. A volta do parafuso (The Turn of the Screw), Henry James

a-volta

A obra de Henry James que gerou grande polêmica quando de seu lançamento, um dos trabalhos mais populares do autor, tornou-se um modelo de narrativa de terror psicológico. + Amazon

11. A superfície da sombra (Tailor Diniz)

Poblado Oriental e Passo do Catí são duas cidades separadas pela Avenida Internacional, que delimita também a fronteira de Brasil e Uruguai. Diz-se que se uma carta de um lado rua for colocada no correio endereçada ao outro lado, demorará um mês para chegar, porque deverá seguir ao Rio de Janeiro ou a Montevidéu, e depois voltar. Quando dá por si está comprando uma faca, está participando da Noite das Mascaradas, um antigo ritual pagão para trazer boa sorte. E observando tudo, pelas ruas dos dois países, caminham as Sete Viúvas da Calle de los Desengaños, que rezam pelas almas dos desamparados. Compre na Amazon

12. A assombração na casa da colina, Shirley Jackson

Um conto de terror sutil, psicológico, que ganhou o seu lugar como uma das importantes histórias de casas assombradas… + Amazon 

A assombração da Casa da Colina (Shirley Jackson): sobre a construção da insanidade, da loucura

13. O silêncio dos inocentes, de Thomas Harris

A jovem agente do FBI, Clarice Starling, entrevista o ardiloso psiquiatra Hannibal Lecter, cuja mente psicopata está perigosamente voltada para o crime. Ao seguir as pistas
apontadas pelo dr. Lecter, Clarice envolve-se em uma teia mortífera surpreendente… COMPRE NA AMAZON

14. O bebê de Rosemary (Rosemary’s Baby), Ira Levin

livros mais assustadores

Rosemary Woodhouse e seu marido Guy mudam-se para um dos endereços mais disputados de Nova York, o Bramford, um edifício antigo de ares vitorianos, habitado em sua maioria por moradores idosos e célebre por uma reputação algo macabra de incidentes misteriosos ao longo da história… + AMAZON

15. O segredo de Yankclev Schmid (Julio Ricardo Rosa)

Alemanha, 1945. A guerra chega ao fim. Os ingleses estão às portas do campo de extermínio de Bergen-Belsen. Os nazistas cometem seus últimos crimes na tentativa de calarem as vítimas do Holocausto. Yankclev Schmid, um jovem prisioneiro judeu, consegue escapar da morte. O retorno para casa se mostra penoso, o país está destruído, e Yankclev tenta manter seu segredo, sua segurança, sua sanidade. Porém, onde quer que esteja, os fantasmas nazistas voltarão a persegui-lo. Décadas mais tarde, no Brasil, ele e um jovem médico veem suas assombrações se juntarem, em uma trama que envolve identidades falsas, perseguições e sombras da ditadura. Compre na Amazon

16. O processo, de Franz Kafka

A história de Josef K. atravessa os anos sem perder nada do seu vigor. Ao contrário, a banalização da violência irracional no século XX acrescentou a ela o fascínio dos romances realistas. Na sua luta para descobrir por que o acusam, por quem é acusado e que lei ampara a acusação… Leia a resenha aqui

17. Livros de sangue, de Clive Barker

Os Livros de Sangue combinam o ordinário, o extraordinário e o erotismo, que se tornou a assinatura de Barker. O mundo cotidiano é transformado em um lugar irreconhecível, com a essência dos pesadelos em pacotes tentadores. COMPRE NA AMAZON

18. Meridiano de Sangue, Cormac McCarthy

Em ‘Meridiano de sangue’ McCarthy reinventa a mitologia do oeste americano criando uma obra sobre uma terra sem lei, em que o absurdo e a alucinação se sobrepõem à realidade… Leia a resenha

19. A Estrada da noite (Heart-Shaped Box), Joe Hill

Ancorando o sobrenatural na realidade psicológica de personagens complexos e verossímeis, Joe Hill consegue um feito raro: em seu romance de estreia, já é considerado um novo mestre do suspense e do terror. Uma lenda do rock pesado, o cinquentão Judas Coyne coleciona objetos macabros… + AMAZON

20. O papel de parede amarelo (Charlotte Perkins Gilman)

O papel de parede amarelo, um conto de Charlotte Perkins Gilman, quando publicado em 1892, já causou um certo desconforto por sua essência feminista, mas também foi visto apenas como uma história de terror. Hoje em dia, é reconhecido como um dos pioneiros no campo da Literatura Feminista Americana, pois aborda a violência psicológica e social contra a mulher que, infelizmente, ainda se faz presente. LEIA A RESENHA COMPLETA AQUI

livros mais assustadores
Onde comprar O papel de parede Amarelo: Amazon

21. A obra completa de Edgar Allan Poe

allan-poe

Se falamos de histórias de terror, falamos de Edgar Allan Poe. Desde seus poemas aos contos, tudo está envolvido de terror, medo, sensações indescritíveis e aquela beleza gótica que só ele soube construir… Conheça 5 grandes contos de Edgar Allan Poe para ler urgente!

22. Kindred – laços de sangue (Octavia Butler)

Em seu vigésimo sexto aniversário, Dana e seu marido estão de mudança para um novo apartamento. Em meio a pilhas de livros e caixas abertas, ela começa a se sentir tonta e cai de joelhos, nauseada. (…) Em um piscar de olhos, ela está de volta a seu novo apartamento, completamente encharcada. É a experiência mais aterrorizante de sua vida… até acontecer de novo. E de novo. Quanto mais tempo passa no século XIX, numa Maryland pré-Guerra Civil – um lugar perigoso para uma mulher negra –, mais consciente Dana fica de que sua vida pode acabar antes mesmo de ter começado. LEIA A RESENHA

23. Precisamos Falar Sobre o Kevin (We Need to Talk About Kevin), Lionel Shriver

Kevin Khatchadourian, 16 anos, é autor de uma chacina na qual matou sete colegas, uma professora e um servente num colégio dos EUA. Neste livro, a autora fez um thriller psicanalítico em que a mãe do assassino escreve cartas ao pai ausente… LEIA A RESENHA

livros mais assustadores

24. Dia de matar porco (Charles Kiefer)

Ariosto Ducchese escapou de uma morte por hemorragia depois de sangrar por dias. No quarto do hospital, ele vê sua mãe, já falecida — o fantasma dela ou efeito dos medicamentos? Com isso, ressurgem também todas as memórias e assombrações da vida no campo deixada para trás há mais de trinta anos, as relações familiares, os rituais — incluindo o dia de matar porco, quando os meninos se credenciam para as atividades da vida adulta. Dia de matar porco é o primeiro romance publicado por Kiefer depois de um hiato de 12 anos sem lançar uma narrativa longa inédita. Compre na Amazon

25. Os Sete, André Vianco

Uma caravela portuguesa naufragada com mais de 500 anos é descoberta no litoral brasileiro. Dentro dela, uma estranha caixa de prata lacrada esconde um segredo. Apesar do aviso grafado, com a recomendação de não abri-la, a equipe de mergulhadores que a descobriu decide seguir em frente… + Amazon

26. A Tristeza Extraordinária do Leopardo-das-neves (Joca Reiners Terron)

No encontro dessas duas histórias, Joca Reiners Terron cria uma hábil trama de suspense e terror, na trilha de escritores como Edgar Allan Poe, H.P. Lovercraft e Richard Matheson. E cria também um bairro que é quase um personagem em si, feito de casarões mal-assombrados, seitas secretas e monstros… +Amazon LEIA A RESENHA

27. Gog Magog (Patrícia Melo)

A barbárie e a crueldade que o título evoca nas diversas lendas e recontos religiosos são os temas centrais do novo romance de Patrícia Melo. O truculento embate com a polícia nas manifestações rotineiras de greve, o casamento tóxico com a enfermeira Marta, que gosta de fotografar seus doentes terminais, ou a realidade violenta que enfrenta na escola pública onde leciona biologia para analfabetos funcionais – que ameaçam e espancam professores com frequência assustadora – não são capazes de alterar o ethos resignado e pacífico do professor e protagonista sem nome dessa narrativa insólita. Compre na Amazon

28. O Senhor das mocas (Lord of the Flies), William Golding

livros mais assustadores

Publicado originalmente em 1954, Senhor das Moscas é um dos romances essenciais da literatura mundial. Adaptado duas vezes para o cinema e traduzido para 35 idiomas, o clássico de William Golding já foi visto como uma alegoria, uma parábola, um tratado político e mesmo uma visão do apocalipse… COMPRE NA AMAZON

29. Bom dia, Verônica (Andrea Killmore)

Entre os livros mais assustadores, temos Raphael Montes e a criminóloga Ilana Casoy com o pseudônimo de Andrea Killmore. A personagem, com sua habilidade e sua determinação, ela vê a oportunidade que sempre quis para mostrar sua competência investigativa e decide mergulhar sozinha nos dois casos. No entanto, essas investigações teoricamente simples se tornam verdadeiros redemoinhos e colocam Verônica diante do lado mais sombrio do homem, em que um mundo perverso e irreal precisa ser confrontado. Compre na Amazon

30. Noite na taverna (Álvares de Azevedo)

Entre os livros mais assustadores, como deixar de fora esse clássico nacional? Publicado em 1855; o livro de Álvares de Azevedo é um clássico da literatura brasileira. Contém cinco contos narrados amigos que estão se abrigando em uma taverna. É um dos mais populares e influentes trabalhos da ficção gótica na literatura brasileira. Durante a conversa, os amigos contam uns aos outros experiências mórbidas e difíceis de superar. Antropofagia, incesto, traição, violência e necrofilia são o lugar-comum dessas narrativas de mistério e terror. Compre na Amazon

31. A dança dos ossos (Bernardo Guimarães)

“A dança dos ossos” consta no livro “Lendas e Romances”, publicado em 1871. O livro menos conhecido de Bernardo Guimarães (o seu livro mais conhecido é Escrava Isaura) narra, com construções sintáticas e expressões bem brasileiras, três aventuras de natureza diversa. O terceiro conto é “caso de assombração” com sabor folclórico. Compre na Amazon

32. As Águas do Rio – G. G. Diniz 

As Águas do Rio é um conto de horror fantástico com figuras da mitologia brasileira.
Na história, Bruno e seus amigos não retornarão os mesmos depois de sua estadia em um acampamento nas margens do Rio Amazonas. + Compre na Amazon

33. Johnny vai à guerra (Johnny Got His Gun), Dalton Trumbo

Johnny Vai à Guerra é um livro antiguerra. Trumbo criou a figura do soldado sem nome como uma metáfora de todos os homens que perderam a vida na guerra… Um livro que fala sobre guerra precisava estar nesta lista de livros mais assustadores! + Amazon

34. Uma agulha para o diabo (Ruth Rendell)

Mata-se por medo, inveja, ganância, ou mata-se simplesmente por inexplicável compulsão. O cenário pode ser um parque africano, um sinistro cemitério em ruínas, um vilarejo na costa leste da Inglaterra ou as escuras e aterradoras clareiras em Epping Forest. Por tudo isso perpassa o perigo, a profanação, ou o desrespeito à paz dos mortos, o desrespeito à paz dos outros ou, o pior de todos: a fúria de uma mulher abandonada. Situações de mistério, de intriga, de perigo e até de terror. + Amazon

35. A mulher de preto, de Susan Hill

Arthur Kipps, um jovem advogado, é chamado para acompanhar o funeral da Sra. Alice Drablow, a única moradora da Casa do Brejo da Enguia. Enquanto trabalha na isolada propriedade, Kipps descobre trágicos segredos ocultados por suas janelas fechadas. Ao vislumbrar uma jovem e sofrida mulher vestida de preto, uma ar… + Amazon 

36. A Vovó Chamou o Diabo para a Ceia – Juliana Daglio

A Ceia de Natal está posta à mesa. A velha casa dos Vieira arrumada e enfeitada com luzes coloridas e guirlandas. Os quatro filhos da falecida matriarca já chegaram, três dos onze netos também vieram. Os sete membros da família estão sentados na sala, esperando para cumprirem o último desejo da vovó Olegna: assistirem juntos o vídeo com suas últimas palavras. Mas a Vovó chamou o Diabo para a Ceia, e ninguém vai sair vivo de lá. + Compre na Amazon

37. A bruxa do olho de vidro – Maud Epascolato

suspense escritoras brasileiras

Um crime não solucionado. Três crianças curiosas. Uma casa abandonada. Você está preparado para adentrar os recônditos empoeirados de um ambiente desabitado há anos? Um segredo perturbador está prestes a ser revelado, numa história de suspense e mistério que tem como cenário a cidade que nunca para… + Compre na Amazon

38. Fahrenheit 451, Ray Bradbury

Guy Montag é um bombeiro. Sua profissão é atear fogo nos livros. Em um mundo onde as pessoas vivem em função das telas e a literatura está ameaçada de extinção, os livros são objetos proibidos, e seus portadores são considerados criminosos. Montag nunca questionou seu trabalho; vive uma vida comum, cumpre o expediente e retorna ao final do dia para sua esposa e para a rotina do lar… Um livro essencial em uma lista de livros mais assustadores! AMAZON

LEIA A RESENHA: Fahrenheit 451 (Ray Bradbury): ler é o maior ato de rebeldia

39. A Sangue Frio, Truman Capote

O americano Truman Capote foi um escritor versátil: produziu textos de qualidade em vários gêneros (contos, peças, reportagens, adaptações para TV e roteiros para filmes). Mas sua grande obra foi o romance-reportagem A Sangue Frio, que conta a história da morte de toda a família Clutter, em Holcomb, Kansas, e dos autores da chacina. Compre na Amazon

40. 1984, George Orwell

livros mais assustadores

Entre os livros mais assustadores, como deixar de fora esse clássicos? Winston, herói de 1984, romance de George Orwell, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa à vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito… LEIA MAIS SOBRE O LIVRO AQUI

Compartilhe:
Imagem padrão
Francine Ramos
Editora da Livro&Café desde 2011. É professora de Língua Portuguesa e tenta ser escritora (um conto seu foi publicado na coletânea Leia Mulheres, em 2019). Acredita que os livros podem mudar o mundo e ama Virginia Woolf.

Assine nossa newsletter

Toda semana um resumo com os principais conteúdos da revista em seu e-mail!

20 comentários

  1. Cara Francine: Traduzi para a Penalux ASSOVIE QUE VIREI, contos de M.R James, e O GRANDE DEUS PÃ, de Arthur Machen (confira no catálogo da editora). Assim, é possível dicar os dois autores com livros em Português…
    Estou interessado em conhecer WHISPERS IN THE DARK, do Aycliffe (Jonathan). Quem souber sobre o livro poderá me encontrar como Chico Lopes no face.

    Chico Lopes

  2. Tenho o O Conto da Aia e assista a série, realmente é assustadora, acho ele ainda mais assustadora que os outros pois é realista, o que acontece na história poderia facilmente se tornar real. Dá até um medo de pensar sobre isso hehehe

  3. Faltou citar os contos de Guy de Maupassant, como A morta, A Irmandade, A cabeleira, A mão, O colar e O Horla.

  4. Cadê “O Ateneu”, de Raul Pompeia? “Os Sete” de Andre Vianco? Autores nacionais, entre outros?? … Esse colonialismo cultural, hein??? !!!! Perda de tempo ler uma lista tendenciosa dessas!! Afff!!!

    • Tem Os Sete na lista sim… Lê com mais atenção antes de vir aqui nos comentários reclamar com toda essa pompa 😉

  5. O Exorcista é um livro do qual nunca esquecerei, sem falar que o filme (o antigão mesmo) é o meu terror preferido – pena que não se fazem mais filmes de terror como esses clássicos. Precisamos falar sobre o Kevin é incrível, é assustador de um jeito único. E 1984 é simplesmente genial, não o considero assustador no sentido mais comum da palavra, mas um livro que revela muitas coisas, que abre a cabeça.

    Beijinhos, Livro Lab

  6. O orfanato da Srta. Peregrine faltou aí na lista hem !! O livro mais assustador de todos os tempos ^^ Abraços ( ‘-‘ )/

  7. Na minha opinião ficou faltando A Historia do Olho de G. Batallie, embora a obra seja reconhecida pelos jogos sexuais entre o narrador e Simone, ela é assombrosa a pois chega a ferir preceitos morais, as atrocidades cometidas pelos dois jovens são desumanas como torturar um padre com jogo sexual até a morte, como se eles não conhecesse o senso moral. Mas é um obra magnifica. Realmente The House of Leaves é assombroso, o livro me causou uma sensação de claustrofobia

Deixe um comentário